terça-feira, 29 de dezembro de 2015

E o novo salário mínimo...

0 comentários
O aumento no salário mínimo deve ampliar a renda dos trabalhadores em 51 bilhões em meio de reais. O cálculo foi apresentado pelo Ministério da Fazenda após a presidente Dilma Rousseff assinar o decreto que fixa o valor em 880 reais. O novo vencimento passa a valer a partir do dia primeiro de janeiro de 2016. O salário mínimo estava em 788 reais.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Sindicato dos Médicos lança campanha “Não é falta de recurso. É falta de prioridade” sobre o caos na Saúde do Ceará

0 comentários
O Sindicato dos Médicos do Ceará lançou, nesta quarta-feira (23), campanha publicitária que, através de diversas ações realizadas ao longo de seis meses, objetiva alertar a população sobre o caos na Saúde do Ceará. Com o mote “Não é falta de recursos. É falta de prioridade”, a categoria médica denuncia a ausência de investimentos básicos na área, enquanto sobram recursos para setores menos importantes, como a promoção de festas.
A campanha contempla, dentre outras ações: a veiculação de spots na programação das rádios Tribuna Band News FM 101,7, Jangadeiro FM 88,9 e Verdes Mares AM 810 (Programa Paulo Oliveira); mídia em outdoors de Fortaleza; posts e vídeos em redes sociais.
Para a presidente do Sindicato, Dra. Mayra Pinheiro, a campanha busca sensibilizar a população cearense, bem como os gestores públicos, de que Saúde deve ser prioridade para todos. “O cidadão deve cobrar dos representantes, porque trata-se de um direito constitucional. É dever dos governantes, leia-se Poderes Executivo e Legislativo, garantir esse direito através da utilização adequada dos recursos públicos. O Judiciário, por sua vez, também deve assegurar o cumprimento e efetividade desse direito primordial. Por isso o Sindicato, durante o ano de 2015, suscitou ações junto à Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde Pública e Ministério Público Federal”, ressalta a médica.

*Assessoria do Sindicato dos Médicos do Ceará – SIMEC

O fim de Delcídio do Amaral no facebook

0 comentários
A página oficial no Facebook de Delcídio do Amaral (PT-MS), líder do governo Dilma preso, foi tirada do ar após a prisão do senador, em 25 de novembro. Antes eram mais de 80 mil “curtidas”; hoje, são zero.

Bombeiros são heróis em Iguatu

0 comentários

#Nascimento | As vésperas do Natal o corpo de bombeiros de Iguatu salva mais uma vida ajudando no nascimento de mais uma criança.Leia a matéria e ouça a reportagem :: http://goo.gl/vntpJV
Posted by Iguatu.net on Quarta, 23 de dezembro de 2015

Quixeramobim sem água durante Natal e Ano Novo

0 comentários
A Defesa Civil de Quixeramobim informou que, por decisão dos operadores de carros-pipa, não haverá distribuição de água no município nos feriados de Natal, 25 de dezembro, e Ano Novo, 1º de janeiro. A distribuição também será paralisada nos fins de semana que seguem as datas. Ação deve intensificar abastecimento de água durante esta semana para evitar escassez de água.

Indenização para as famílias de Mariana

0 comentários
A Samarco se comprometeu a antecipar a indenização das vítimas do rompimento da barragem de Fundão, no distrito de Bento Rodrigues. Em audiência realizada na cidade de Mariana, a empresa aceitou pagar inicialmente 100 mil reais às famílias que perderam parentes no desastre, além de 20 mil reais para cada família que teve prejuízos materiais. Por determinação da Justiça, a Samarco também já transferiu quase todos os desabrigados para casas alugadas.

Família mulçumana é barrada

0 comentários
Uma deputada do Reino Unido denunciou que autoridades americanas impediram uma família de muçulmanos de visitar a Disney. O grupo de 11 pessoas ia de Londres para Los Angeles, mas teve o embarque recusado no último momento sem nenhuma explicação. A família alegou também que não foi ressarcida pelo prejuízo da viagem, equivalente a 50 mil reais.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Novo aumento tarifário da energia em 2016

0 comentários
A Agência Nacional de Energia Elétrica propôs uma elevação no teto das bandeiras tarifárias para 2016. Caso haja escassez no sistema de energia elétrica, a Aneel quer que o custo por megawatt-hora tenha um aumento de até 55 reais. Atualmente o teto para a cobrança extra é de 45 reais. A proposta fica em audiência pública até o dia 17 de janeiro

Governo da Somália proibe celebrações de Natal e Ano Novo

0 comentários
O governo da Somália proibiu as celebrações de Natal e Ano Novo, alegando questões de segurança. O diretor-geral do Ministério de Assuntos Religiosos do país disse que os eventos são contrários à cultura islâmica e poderiam provocar ataques de extremistas. Doze pessoas morreram no Natal do ano passado em um atentado no Aeroporto de Mogadíscio. Além da Somália, o governo de Brunei também proibiu as festas cristãs.

Transfusão do HIV

0 comentários
Associação Beneficente dos Receptores de Sangue de Erechim, no Rio Grande do Sul, foi interditada depois de um paciente ser contaminado com o vírus HIV em uma transfusão. A decisão foi tomada pela Vigilância Sanitária depois de um pedido do Ministério Público. Segundo a Coordenadoria Regional de Saúde, os hospitais da região de Erechim vão receber sangue do Hemocentro de Passo Fundo.

Crise na saúde

0 comentários
O Governo Federal e a Prefeitura do Rio de Janeiro acertaram um repasse emergencial de 297 milhões de reais para ajudar a solucionar a crise dos hospitais do estado. O governador Luiz Fernando Pezão decretou estado de emergência nesta quarta-feira por causa da situação das unidades de saúde no Rio.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Empresário Zenir envia sua mensagem de boas festas

0 comentários

O empresário Zenir fala sobre o Mega Feirão que acontece até o dia 20 de dezembro e envia sua mensagem de boas festas para os internautas. Leia aqui:http://zip.net/bbsxTs
Posted by Iguatu.net on Terça, 15 de dezembro de 2015

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Conheça a " Fossa Séptica" que atrapalha a segurança pública em Iguatu e região Centro Sul

0 comentários
O sistema carcerário em Iguatu e na região centro Sul está em total colapso, isto já apresentamos em nosso site o Iguatu.net nos últimos meses, onde acompanhamos o drama de policiais civis e militares que tentam executar seus trabalhos diariamente pelas ruas de Iguatu e outros municípios e estão sem poder prender autores de crimes, devido a falta de espaço em celas nas cadeias, destacamentos da PM e até em delegacias.
Mas o colapso do sistema prisional em nossa região Centro-Sul é simbolizado através de uma Fossa Séptica que já deveria estar concluída a sua construção e funcionando tranquilamente na Cadeia Pública de Iguatu, mas isto não está acontecendo e sendo assim a justiça não irá liberar a unidade prisional para o seu funcionamento na sua plenitude.
As fossas sépticas são unidades de tratamento primário de esgoto doméstico nas quais são feitas a separação e a transformação físico-química da matéria sólida contida no esgoto. É uma maneira simples e barata de disposição dos esgotos indicada, sobretudo, para a zona rural ou residências isoladas. Todavia, o tratamento não é completo como numa estação de tratamento de esgotos.
Esta fossa que é o gargalo da segurança pública neste momento em Iguatu, foi construída por uma empresa contratada pelo governo do Ceará, através da Secretaria de Justiça. Ao ser entregue para o seu funcionamento, ela deveria ter a duração de funcionamento de até 6 meses, mas acreditem, esta fossa durou apenas quatro dias e estourou, a preocupação dos representantes da justiça foi exatamente com a possibilidade de uma revolta interna dos presos, pois todo o esgoto produzido na cadeia iria retornar pela tubulação e o caos estaria novamente implantado na cadeia de Iguatu.
Em entrevista ao programa Plantão Policial da Rádio Liberdade 870 AM, o diretor da unidade prisional, Kelson, disse que não existe uma data prévia para a solução do problema e isto significa que a cadeia continuará interditada, que nossas delegacias superlotadas, nossos militares nas ruas ao prender os infratores, não saberão ainda onde coloca-los e finalmente, esta “fossa” colocará nossos policiais civis fora das ruas, trabalhando como agentes penitenciários cuidando de presos, ao invés de atuarem nas investigações de crimes.
Mas precisamos fazer alguns questionamentos neste momento, como uma empresa consegue construir uma fossa séptica que deveria ter a duração de no mínimo seis meses e dura quatro dias apenas? Com a palavra a secretaria de justiça do Ceará.
Na última semana acompanhamos o desespero de alguns inspetores que não suportavam mais a situação da Delegacia Regional que estava com uma superlotação de presos, uma fuga já aconteceu, cinco conseguiram fugir, uma tentativa de rebelião também já foi registrada e o clima é o pior possível para a atuação da polícia civil em Iguatu.

A justiça iguatuense faz o seu papel, na medida do possível auxilia os militares na tentativa de amenizar o drama, mas o que nos deixa perplexos neste momento é o silêncio do governo do Ceará que não demonstra uma ação eficaz e que poderia dar um basta neste problema, aí fico a pensar, como o Camilo Santana deseja ter um “ Ceará Pacífico” se o seu governo não consegue ao menos resolver o problema de uma cadeia ? Estamos literalmente numa “fossa”. 

Ceará recebe mais três toneladas de larvicida

0 comentários
Atendendo à demanda da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), o Ministério da Saúde enviou ontem ao Ceará uma nova remessa de larvicida para intensificar o combate ao Aedes aegypti. O Estado recebeu 3 toneladas do produto, quantidade suficiente para eliminar as larvas do mosquito em até 1,5 bilhão de litros de água, conforme a pasta federal. A medida é mais uma ação emergencial visando ao controle dos casos de microcefalia relacionados à infecção por vírus zika.
Segundo a Sesa, a distribuição do larvicida foi iniciada ontem. Roberta de Paula Oliveira, supervisora do Núcleo de Controle de Vetores do órgão, afirma que a substância será encaminhada de acordo com o número de imóveis em cada município, mas garante que todas as cidades serão abastecidas.
Este é o segundo lote de produto enviado pelo Ministério em menos de um mês. No dia 20 de novembro, conforme a supervisora, o Ceará recebeu 1,5 tonelada de larvicida. No total, neste ano, foram enviadas 17,3 toneladas ao Ceará.

Roberta de Paula diz que a iniciativa do Governo Federal vem como resposta ao pedido de apoio feito pelo governador do Estado, Camilo Santana, ao ministro­chefe da Casa Civil, Jacques Wagner, no início deste mês. "O governador pediu apoio no que precisarmos. Como estamos intensificando as ações, haverá necessidade de mais pessoas e mais recursos. Na próxima semana, iremos nos reunir com prefeitos e secretários de saúde para identificar as demandas e montar nosso plano de ação de acordo com o plano nacional", ressalta a supervisora.

Justiça denuncia Bumlai

0 comentários
A Justiça Federal aceitou as denúncias do Ministério Público contra o pecuarista José Carlos Bumlai e outros dez envolvidos na Lava-jato. O empresário confessou ter obtido um empréstimo de R$ 12 milhões no banco Schahin e repassado ao PT. Bumlai ainda intermediou um contrato do Schahin com a Petrobras. O banco nega. Entre os réus está o ex-tesoureiro petista João Vaccari Neto.

79 casos de microcefalia em investigação Neste ano

0 comentários

O Ceará já notificou 80 casos de microcefalia. Destes, um foi confirmado, no município de Tejuçuoca, e 79 continuam em investigação. Os dados são do último boletim da Sesa, divulgado no dia 11.

O município com o maior número de notificações é Fortaleza, totalizando 31 casos suspeitos. Outras 29 cidades também tiveram notificações, como Barbalha, Maracanaú, Mucambo, Cruz, Juazeiro do Norte, Aquiraz, Banabuiú, Caucaia, Eusébio, Itapajé, Barreira, Bela Cruz, Canindé, Capistrano, Crato, Horizonte, Ipaumirim, Ipu, Itaitinga e Jardim.

Sobe para 17 número de mortos após rompimento de barragem em MG

0 comentários
Subiu para 17 o número de mortos após o rompimento da barragem da Samarco no interior de Minas Gerais. A polícia localizou hoje mais um corpo próximo a um caminhão que havia sido encontrado no início da semana. Três pessoas ainda permanecem desaparecidas desde o dia do acidente em 5 de novembro.

Marcelo Odebrecht continua preso

0 comentários
O Superior Tribunal de Justiça manteve a prisão de Marcelo Odebrecht, dono da maior construtora do país e um dos réus da Lava-Jato. O STJ também negou habeas corpus para outros dois executivos da Odebrecht: Márcio Faria e Rogério Araújo. Eles são suspeitos de crime de formação de cartel, fraude em licitações, corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

O crime no futebol

0 comentários
O ex-presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol o paraguaio Juan Ángel Napout foi extraditado hoje da Suíça para os Estados Unidos. Ele foi entregue às autoridades americanas em Nova York. O dirigente está preso desde o dia 3. Napout é acusado de cobrar propina de executivos para ceder direitos comerciais de torneios na América do Sul.

Picciani pretende retornar à liderança do PMDB na Câmara

0 comentários
Políticos de nove partidos entregaram ao Supremo Tribunal Federal uma carta aberta pedindo o afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. O documento foi assinado por 50 parlamentares. O deputado Alessandro Molon, da Rede, afirmou que a carta serve de alerta ao STF quanto a conduta de Cunha. O texto acusa o presidente da Câmara de usar o cargo para benefício próprio e autoproteção em investigações no esquema de corrupção da Petrobras.

Boko Haram mata 30 pessoas

0 comentários
Pelo menos 30 pessoas morreram e 20 ficaram feridas em ataques atribuídos ao Boko Haram em três povoados da Nigéria. Segundo as autoridades, o grupo terrorista assassinou a maioria das vítimas com facões e em seguida ateou fogo nas três aldeias. O Boko Haram, assim como o Estado Islâmico, tenta criar um califado com uma versão distorcida da lei islâmica.

Homem é preso por ter diversos focos do mosquito Ades Aegypti no seu comércio

0 comentários
Um homem foi preso após uma vistoria da força-tarefa para o combate ao mosquito Ades Aegypti, em Campo Grande no Mato Grosso do Sul. Segundo a polícia, o estabelecimento estava com diversos focos do mosquito e o proprietário já havia sido alertado em outra vistoria sobre o problema. O homem foi autuado em flagrante e pagou doi mil reais de fiança. A pena para este tipo de crime é de seis meses a um ano de detenção, mais multa.

STF vai discutir as regras da tramitação do impeachment

0 comentários
O Supremo Tribunal Federal vai discutir amanhã as regras da tramitação do processo de impeachment no Congresso contra a presidente Dilma Rousseff. Hoje o ministro Edson Fachin entregou aos colegas da Corte o voto dele sobre o andamento do caso. O documento tem cerca de cem páginas e o conteúdo não pode ser divulgado antes da sessão no plenário do STF nesta quarta-feira. 

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Will Smith diz que pode ser candidato à presidência dos EUA

0 comentários
Will Smith já tem um currículo bastante diversificado que inclui música, cinema e televisão. Mas, em uma entrevista à apresentadora Tracy Smith para o programa Sunday Morning, o rapper disse que, com o atual clima político nos Estados Unidos, talvez entre na disputa pela presidência do país.

Quando questionado se tinha algum cargo específico em mente, ele riu e respondeu: “Eu tenho que ser o presidente. Vamos lá!”

Smith já havia comentado que a política poderia estar  no seu futuro ao participar do podcast do The Hollywood Reporter em novembro. “Ao olhar para o cenário político, eu acho que talvez haja um futuro pra mim lá. Eles precisam de mim. Este é o primeiro ano em que fui levado a um ponto no qual eu não consigo dormir, sabe? Então estou achando que, em algum momento no futuro próximo, eu terei que emprestar a minha voz à discussão de alguma maneira diferente”, afirmou no mês passado.

O próximo filme de Smith é Concussion (Um Homem Entre Gigantes, em português) mas, apesar de ter recebido elogios pela interpretação – e uma indicação ao Globo de Ouro –, ele garante que suas ambições são maiores do que ser uma das principais estrelas de Hollywood. “Eu digo aos meus filhos: ‘Seja o mais irrealista possível, e depois descubra uma maneira de tornar real’”, disse Smith. “As melhores coisas que já aconteceram não eram reais antes de acontecerem. Então, eu acho que ter como objetivo ser a maior estrela de cinema do mundo era, na verdade, pequeno demais”, disse.

Terra


Começou o Iguatu Natal de Luz 2015

0 comentários

Imagens do Iguatu Natal de Luz 2015, praças e prédios públicos iluminados neste fim de ano. Leia aqui: http://zip.net/bhsxP4
Posted by Iguatu.net on Segunda, 14 de dezembro de 2015

Tasso Jereissati lamenta veto de Dilma

0 comentários

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) lamentou o veto da presidente Dilma Rousseff da Medida Provisória nº 685, que permitiria às Santas Casas encontrar meios para quitação de antigos débitos tributários. O dispositivo era de autoria do próprio senador cearense. Em despacho, a presidente alegou que o Ministério da Saúde perderia o controle sobre o programa de repasse de verbas.

“Isso é mais uma prova do desgoverno Dilma. Fica claro que a presidente não se importa com a população que depende dessas instituições, que irão continuar sem receber os repasses dos Estados e da União, e com o povo brasileiro, que tanto depende de um atendimento público de saúde de qualidade”, comentou Tasso.

Datafolha demonstra insatisfação do povo com o governo petista

0 comentários
Pesquisa divulgada neste sábado pelo Datafolha mostra que apenas 31% dos brasileiros acham que sua vida melhorou após 13 anos de governo do PT.
Para 68% não houve melhora significativa: 26% alegaram que a situação, inclusive, piorou, e 42% consideraram que ela ficou igual. Segundo analistas ouvidos pelo jornal “Folha de S.Paulo”, o conjunto crise econômica aguda, denúncias de corrupção, prisões de petistas e fragilidade política levou à queda no prestígio do PT captada pela pesquisa.
Isso ocorreu mesmo com o ganho social que o partido promoveu, comparável ao dos países europeus que optaram pela social­democracia após a Segunda Guerra Mundial. Só 24% veem o partido na Presidência como algo ótimo/bom. Para 35%, a legenda na presidência é “ruim ou péssima”. Para 40%, é regular. A pesquisa foi feita com 3.541 entrevistados em 185 municípios nos dias 25 e 26 de novembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Desemprego aumenta no interior do Ceará

0 comentários
As cidades do Interior cearense sofrem não só com a seca, mas com a queda no emprego formal, resultado da retração econômica, que tende a se agravar no próximo ano. O mercado de trabalho apresenta dados negativos e a taxa de desemprego, que chega a 9,5%, deve atingir os dois dígitos em 2016. Os setores da indústria (calçado e têxtil), comércio e construção civil lideram as estatísticas negativas.
O Ceará segue a tendência nacional e o ano de 2015 fechará com saldo negativo, tendo desempregado mais do que contratado. De janeiro a outubro deste ano, a diferença entre demissões e contratações chega a 18.942, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego.
Não há perspectiva de reversão dessa tendência. Ao contrário, a situação tende a piorar, segundo avaliação de economistas e técnicos que analisam o mercado de trabalho.
"O desemprego chegou a um índice elevado, com forte tendência de alcançar dois dígitos em 2016 e isso é preocupante", observou o coordenador de Estudos e Análises de Mercado do Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (IDT), Erle Mesquita.

A tendência é de piora do cenário para 2016, em particular o primeiro trimestre, que historicamente apresenta desaquecimento das atividades produtivas industriais e do varejo. "No último trimestre do ano, para o quadro, está favorável, mas está piorando", diz Mesquita. No Ceará, o acumulado do ano até outubro é de 364 mil desempregados.

80% das prefeituras do Ceará não irão pagar o 13º

0 comentários
O presidente da Associação dos Municípios do estado do Ceará (APRECE), Expedito José do Nascimento, disse que 80% dos municípios cearenses não conseguirão pagar o 13º de acordo com a data estabelecida. “Enquanto não for resolvida a questão política e, depois, financeira do país, a situação dos municípios é critica. O pior é que, como a situação lá em Brasília está difícil, você não tem ninguém para reclamar”.

Segundo Expedito, em novembro, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) - parte dos impostos recolhidos pela União destinados aos municípios - caiu 37,7% em relação ao ano passado. “Esta é maior taxa de todos os tempos. Com o difícil cenário politica e econômica que o País enfrenta, para o próximo ano, a expectativa é muito ruim. Acredito que será ainda pior do que 2015”.

A renda do brasileiro cai

0 comentários
A crise econômica afetou a renda do brasileiro e fez o país cair pela primeira vez desde 2010 no Índice de Desenvolvimento Humano da ONU. Entre 2013 e 2014, o Brasil passou da posição 74 para a 75. A lista inclui 188 nações. O levantamento considera indicadores de saúde, educação e renda. A pesquisa não levou em consideração o agravamento dos índices econômicos neste ano.

A crise da segurança pública em Iguatu e região Centro-Sul

0 comentários
A região Centro Sul enfrenta atualmente diversas situações de violência e criminalidade. Diversos municípios travam uma luta com o Governo do Estado para assegurar melhores condições e estruturas para combater, ou pelo menos amenizar, a situação, reivindicando aumento do contingente policial, mais equipamentos e, em alguns, até a construção de cadeias públicas e delegacias regionais.

Em outros, é preciso implantar ou melhorar o serviço de policiamento civil, com a implantação de delegacias ou disponibilização de delegados e agentes civis. A população de diversos municípios está assustada com a retomada da onda de violência, devido à ação audaciosa de elementos que estão praticando furtos e assaltos a mão armada a estabelecimentos residenciais e comerciais, em plena luz do dia, além de arrombamentos a estabelecimentos públicos e praticando homicídios.

Em Catarina, o reduzido contingente policial reforça a situação de insegurança dos moradores. Pedro Roberto de Oliveira, morador do município, denuncia que a situação de insegurança é um fator preocupante que deixa a população intranquila.

 “Nós estamos aqui vivendo nosso dia a dia como reféns dos bandidos, temos medo até de ficarmos muito tempo na rua, não temos mais a tranquilidade de sentar na calçada de nossas casas porque tememos ser assaltados ou mortos. Eu já fui vítima de assalto a mão armada, levaram alguns bens que eu tinha. Os comerciantes então trabalham assustados, sempre que chega alguém de fora em nossa cidade, já tememos que possa ser assaltantes que venham promover arrastões, ou mesmo cometerem homicídios”, disse o popular.
Em Saboeiro também enfrenta um grande desafio: o uso e tráfico de drogas tomou conta da cidade, que, nos últimos dois anos, tem presenciado diversos crimes com requinte de crueldade.

Até menores de idade consomem drogas livremente nas ruas, e mesmo com ações intensas da Polícia Militar, a população enfrenta medo constante. A delegacia civil não possui delegado, nem funciona aos finais de semana, dias em que as ações delituosas se intensificam. Também são registrados em Saboeiro muitos assaltos, furtos e roubos.
O chefe do destacamento policial de Saboeiro, cabo Almeida, diz que precisa contar com a ajuda da população, que, por medo, se omite a fazer denúncias, e não colabora com a polícia.
Em Antonina do Norte sofre também com muitos assaltos, roubos e furtos. Um fato agravante é que o município não tem cadeia pública. Os detentos têm que ser levados para o presídio de Araripe, a uma distância de 170 quilômetros.
Em casos de flagrantes, os boletins de ocorrência têm que ser feitos em Iguatu. O contingente policial, portanto, é pequeno, e tem que se ausentar muito do município, deixando a população desassistida nesses períodos.
Aqui em Iguatu neste final de semana teve início uma rebelião dos presos na Delegacia Regional, após uma tentativa de fuga frustrada pelos inspetores, o delegado Jerffison Pereira falou sobre o caso e afirma que a situação está insustentável.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Projeto que destina multas de trânsito a hospitais públicos segue para o Plenário

0 comentários


Parte do dinheiro arrecadado com multas de trânsito poderá ser repassada para hospitais. A medida está prevista em Projeto de Lei (PL) 3920/08, do Senado, aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. O projeto será analisado pelo Plenário da Casa. 

De acordo com a Agência Brasil, pelo texto, 15% da arrecadação devem ser repassados para as Santas Casas de Misericórdia e hospitais públicos credenciados pelo SUS, que façam atendimento de emergência às vítimas de acidentes de trânsito. Além disso, a receita arrecadada com o pagamento de fianças relativas a infrações de trânsito, quando não houver possibilidade de restituição ao infrator, serão integralmente destinadas ao Fundo Nacional de Saúde. 

O relator da proposta, deputado Veneziano Vital do Rêgo (PMDB-PB), destacou que os recursos são fundamentais, inclusive em repasses aos estados e municípios para investimentos no Samu e Corpos de Bombeiros. "Tenho absoluta certeza que esse percentual vai ajudar nos episódios que requerem um pronto atendimento, um atendimento feito por pessoas qualificadas, bem treinadas, bem aparelhadas; investimentos que vão salvar muitas", afirmou o relator. A votação não foi unânime na CCJ. O deputado Luiz Couto (PT-PB) foi um dos que votou contra o projeto. Ele explica que apoiava a proposta original, que destinava os recursos apenas para o resgate e salvamento de vítimas de trânsito. Segundo Luiz Couto, haverá esforço para rejeição da matéria quando o projeto for analisado em Plenário.

Michel Temer barra ação do Planalto no PMDB

0 comentários
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Estadão Conteúdo – Em uma ação para barrar a articulação do Planalto para tentar reconduzir Leonardo Picciani (RJ) à liderança do PMDB na Câmara, o vice-presidente Michel Temer interveio ontem e determinou que todas as novas filiações de deputados deverão passar pela Executiva Nacional. A ala pró-impeachment do partido também se movimenta para precipitar o rompimento do PMDB com o governo.
Durante conversa na noite de quarta-feira (9) com a presidente Dilma Rousseff, o vice também pediu que a petista não interferisse na disputa interna da bancada, pois isso poderia aumentar a pressão para convocação antecipada da convenção nacional da sigla, que é presidida por Temer.
“O vice-presidente Temer já fechou o cerco e determinou que qualquer deputado que se filiar ao partido vai ter que passar pela aprovação da Executiva Nacional”, afirmou o deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG) ao jornal O Estado de S. Paulo O novo líder do PMDB disse que está acompanhando de perto a movimentação de Picciani para tentar conseguir maioria e voltar a ser líder do partido novamente. “Já fritei o peixe, agora estou vigiando o gato”, disse o parlamentar.
Picciani foi destituído do cargo anteontem, após um grupo de deputados do PMDB protocolar uma lista com 35 assinaturas pedindo a indicação de Quintão para a liderança. O movimento, avalizado por Temer, começou na última segunda-feira, após Picciani se recusar a indicar peemedebistas pró-impeachment para ajudar a compor as oito vagas a que o partido terá direito na Comissão Especial sobre o impedimento de Dilma.
Nesta quinta-feira, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse ter a informação de que pelo menos 15 diretórios estaduais da legenda querem antecipar a convocação da convenção. Ou seja, mais da metade dos 27 existentes. Caso a articulação ganhe força, o desembarque do PMDB do governo pode ocorrer mais cedo do que espera o Planalto.
Cunha afirmou que o agravamento da crise política está provocando um movimento pela convocação extraordinária da convenção. “Está muita confusão dentro do PMDB. Certamente o PMDB vai querer discutir se continua ou não apoiando o governo”, disse. Para ele, a legenda está “em ebulição” e o partido rachado. O peemedebista afirmou que a convocação da convenção se dá ou pela Executiva Nacional ou por um terço dos diretórios regionais.
O presidente da Câmara condenou a movimentação da bancada do PMDB do Rio e do Planalto para fazer com que deputados licenciados reassumam o mandato ou para que parlamentares de outras siglas mudem para o PMDB, para restituir Picciani à liderança da legenda na Casa.
Contraponto
Para se contrapor à ala do PMDB mais favorável ao impeachment, o governo aposta no presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Em jantar oferecido pelo líder do PMDB, senador Eunício Oliveira (CE), na noite de anteontem, Renan defendeu a permanência de Dilma no cargo. Em conversas reservadas, ele reconheceu o momento de “fragilidade” por que passa a presidente Mas não deu mostras de apoiar, ao menos por ora, a assunção de Temer ao Palácio do Planalto. “Melhor segurar ela”, disse ele, segundo relato obtido pela reportagem.
Desafetos históricos no partido, Temer e Renan sempre disputaram espaço na cúpula do PMDB. Em uma das conversas, próximo ao fim do encontro que terminou na madrugada de ontem, o presidente do Senado chegou a mencionar, em tom de reprovação, a proximidade entre Temer e Cunha, responsável por admitir a abertura do impeachment na semana passada e que ontem conseguiu, pela sétima vez, conseguiu adiar a abertura do processo de que pode levá-lo a ter o mandato cassado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

PF prende uma pessoa no Ceará por desvios na transposição do São Francisco

0 comentários
Quatro pessoas nos estados do Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal foram presas, nesta sexta­ feira (11), pela Polícia Federal (PF) durante a Operação Vidas Secas ­ Sinha Vitória, que investiga desvios de R$ 200 milhões em obras da transposição do Rio São Francisco. 

A PF, no entanto, não divulgou ainda detalhes da prisão, como o nome dos detidos. Cerca de 150 policiais federais cumpriram 32 mandados, sendo 24 de busca e apreensão, quatro de condução coercitiva e quatro de prisão nos Estados de Pernambuco, Goiás, Mato Grosso, Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Bahia e em Brasília. 

As investigações apontam que empresários do consórcio formado por OAS, Galvão, Barbosa Melo e Coesa Engenharia utilizaram empresas de fachada, dentre elas as do doleiro Alberto Youssef e do lobista Adir Assad, ambos presos na Lava ­Jato e condenados por envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras, para desviar recursos que deveriam ser destinados à transposição, uma das maiores obras executadas pelo governo federal.

Estado Islâmico fatura e muito por mês

0 comentários
O Estado Islâmico comercializa cerca de 40 milhões de dólares de petróleo por mês, segundo um cálculo divulgado pelo governo dos Estados Unidos. Uma autoridade do Tesouro americano também garantiu que um grande volume desse petróleo é negociado com o presidente da Síria, Bashar Al-Assad. Outra parte do produto chega a cruzar a fronteira em direção à Turquia.    

TSE garante votação eletrônica nas eleições de 2016

0 comentários
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou nesta quinta-feira, 10, que as eleições municipais do ano que vem serão feitas com urnas eletrônicas.
Segundo o tribunal, após o Congresso aprovar o projeto de lei que mudou a meta fiscal de 2015, o Ministério do Planejamento fez uma nova estimativa de receitas que garantem a votação por meio eletrônico.
Com a nova meta, a Justiça Eleitoral terá R$ 267 milhões garantidos. A equipe econômica manteve corte de R$ 161 milhões.

No dia 3 de novembro, o tribunal informou que não teria recursos para custear a eleição com urnas eletrônicas, devido ao contingenciamento de R$ 428 milhões do orçamento da Justiça Eleitoral para aguardar a decisão que mudaria a meta fiscal. Dessa forma, os eleitores brasileiros voltariam a escolher seus representantes pelo voto de papel.

Leonardo Araújo critica PEC que reorganiza previdência dos servidores

0 comentários
O deputado Leonardo Araújo (PMDB) criticou, no primeiro expediente da sessão plenária desta quinta-feira (10/12), na Assembleia Legislativa, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 7.909, que reorganiza o texto da Constituição Estadual na parte que trata da previdência dos servidores públicos e militares estaduais.
O parlamentar considerou a proposta “perversa” para os trabalhadores do Ceará. “Na véspera do Natal, o Governo do Estado manda para os trabalhadores que buscam estabilidade um presente amargo e traiçoeiro”, apontou.
Segundo o deputado, a PEC, entre outras definições, impede as viúvas de policiais de receberem pensão. “A tentativa é de punir os trabalhadores. Isso não é justo. Devemos cuidar dos servidores, principalmente, dos aposentados”, assinalou.
Leonardo Araújo ressaltou que o Brasil é visto mundialmente como o País da corrupção. “A proposta é para o povo pagar a conta do Governo. Só vejo projetos chegando a esta Casa para punir os trabalhadores. Não vejo projetos de melhorias na saúde, educação e segurança. O Governo do Estado segue os mesmos passos traiçoeiros do Governo Federal”, frisou.
Em aparte, a deputada Dra. Silvana (PMDB) classificou a PEC de perversa. “Jamais poderia me posicionar contra as viúvas e os órfãos. Atitudes assim envergonham o Estado”, pontuou.
O deputado Capitão Wagner (PR) destacou que não é justo penalizar uma viúva porque seu cônjuge morreu. “Se um policial perde sua vida a serviço do Estado, a sua esposa fica com pensão apenas por quatro meses. Isso é absurdo. O Governo precisa ter responsabilidade”, salientou.
A deputada Fernanda Pessoa (PR) também se posicionou contra a PEC. “Temos que ter consciência. Não podemos aprovar algo que vai prejudicar os cidadãos”, afirmou.
O deputado Agenor Neto (PMDB) criticou as mensagens que tramitam em regime de urgência. “Essa PEC está tramitando em urgência. Isso não nos dá nem a oportunidade de estudar a proposta”, disse.
O deputado Ely Aguiar (PSDC) frisou que a proposta não tem nada de positivo. “Tudo o que essa PEC representa é maldade para os trabalhadores”, disse.
GM/CG

PF faz operação contra suspeitos de superfaturar as obras de transposição do Rio São Francisco

0 comentários
A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (11) a Operação Vidas Secas – Sinhá Vitória, que investiga o superfaturamento de obras de engenharia executadas por empresas em dois dos 14 lotes da transposição do Rio São Francisco. Empresários do consórcio OAS/Galvão/Barbosa Melo/Coesa utilizaram empresas de fachada para desviar cerca de R$ 200 milhões das verbas públicas.
Os valores eram destinados à transposição do rio, no trecho que vai do agreste de Pernambuco até a Paraíba. Os contratos investigados, até o momento, são de R$ 680 milhões.
Segundo a PF, as investigações apontaram que algumas empresas ligadas à organização criminosa estariam em nome de um doleiro e também envolvem um lobista, ambos investigados na Operação Lava Jato.
Estão sendo cumpridos 32 mandados judicias, sendo 24 de busca e apreensão, quatro de condução coercitiva e quatro de prisão, em Pernambuco, Goiás, Mato Grosso, Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio grande do Sul, Bahia e Brasília. Cerca de 150 policiais federais participam da operação.
Os investigados responderão pelos crimes de associação criminosa, fraude na execução de contratos e lavagem de dinheiro.
A PF explicou que o nome da operação, Sinhá Vitória, representa a mulher do sertão, que não se rende à miséria. Uma personagem descrita no livro Vidas Secas, de Graciliano Ramos, como uma mulher forte, que fazia as contas do pagamento recebido do dono da fazenda onde trabalhavam sempre chegando à conclusão de que eram roubados.

EBC

Alagoas e Piauí decretam estado de emergência devido ao Aedes aegypti

0 comentários
Subiu para seis o número de estados no Nordeste em situação de emergência por causa do Aedes aegypti. Os últimos dois decretos foram anunciados pelos governos de Alagoas e Piauí. A região sofre com um surto de microcefalia, que tem ligação com o zika vírus, transmitido pelo mesmo mosquito da dengue. A má-formação cerebral pode gerar problemas no desenvolvimento da criança.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Pedaladas de Dilma bancaram mais empresários do que programas sociais afirma o site Contas Abertas

0 comentários
A presidente Dilma Rousseff voltou a defender as chamadas pedaladas fiscais como necessárias para o pagamento de programas sociais, como o Minha Casa, Minha Vida. No entanto, como o Contas Abertas já divulgou, a maior parcela dos recursos oriundos das manobras foi destinada ao subsídio para as grandes empresas, por meio do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) do BNDES, e empréstimos para empresas do agronegócio, por meio do Banco do Brasil. O versão de Dilma já havia sido usada pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva. 

A nova defesa aconteceu em discurso durante a entrega de casas do programa Minha Casa Minha Vida. A presidente afirmou que uma das razões para estar sendo julgada é porque “eles acham” que parte dos recursos não deveria ser usada para o programa. “É o que eles chamam de ‘pedaladas fiscais’. O governo federal é dono da Caixa Econômica Federal. Quando o governo federal passa o dinheiro para a Caixa, a Caixa paga a empresa e, através da escolha pública, o apartamento vai para vocês. Não há nesse processo nenhum desvio, não é essa a questão que levantam contra nós”, declara Dilma Rousseff, presidente da República.


De acordo com o relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) a “omissão dos passivos da União decorrentes de atrasos nos repasses de recursos federais impactaram as contas da dívida pública em cerca de R$ 40 bilhões no exercício de 2014”. O TCU apontou que o Bacen não computou, no cálculo da Dívida Líquida do Setor Público, passivos da União junto ao Banco do Brasil, ao BNDES e ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). 

Do total de “pedaladas”, R$ 12,16 bilhões são referentes ao montante da equalização de taxa de juros devido pela União ao BNDES no âmbito do PSI. O programa foi criado para estimular a produção, aquisição e exportação de bens de capital e a inovação. O grande empresariado não só gostou, como fez fila para pegar recursos do PSI. No entanto, o programa gerou essa dívida de R$ 24,5 bilhões acumulada com o BNDES, mas o custo não é só esse. 

O PSI é realizado com taxa supersubsidiada, porém todos os empréstimos do BNDES são com taxas mais baixas do que as que o Tesouro paga. Já os valores devidos pela União ao Banco do Brasil relativos aos itens “Tesouro Nacional – Equalização de Taxas – Safra Agrícola” e “Título e Créditos a Receber – Tesouro Nacional”, inscritos na contabilidade da instituição financeira. Conforme demonstra o TCU, ao final de junho de 2014, os saldos a pagar referentes às subvenções agrícolas e às demais subvenções alcançavam, respectivamente, as expressivas montas de R$ 7,95 bilhões e R$ 1,80 bilhão. Juntos, o Banco do Brasil e o BNDES somaram omissão de registro de passivos da União na ordem de R$ 21,9 bilhões, o que representa cerca de 54,4% do total de R$ 40 bilhões das “pedaladas fiscais”. 

Quanto ao FGTS, que tem como agente operador a Caixa Econômica Federal, além do saldo relativo a adiantamentos efetuados pelo FGTS à União no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, foram identificados dois outros créditos junto à União. Um deles, com saldo de R$ 638,4 milhões ao final em setembro de 2014, representa valores relacionados à Resolução do Conselho Curador do FGTS 574/2004. 

O outro, com saldo de R$ 10,05 bilhões, é decorrente da arrecadação da contribuição social de que trata a Lei Complementar 110/2001. A Lei Complementar n° 110/2001 autorizou a CAIXA a realizar créditos nas contas vinculadas do FGTS, referentes ao complemento de atualização monetária da aplicação dos percentuais de 16,64% do Plano Verão (janeiro de 1989) e 44,8% do Plano Collor I (abril de 1990). “Vê-se, portanto, que, por parte do governo federal, restou prejudicada a ação planejada e transparente propugnada na LRF, uma vez que não foram prevenidos os riscos, tampouco corrigidos os desvios que ocasionaram o “desequilíbrio” das contas públicas da União em cerca de R$ 40 bilhões no exercício de 2014, tendo sido geradas e omitidas dívidas em desobediência às condições impostas pela mesma LRF, desrespeitando-se, pois, o princípio constitucional da legalidade, bem como os pressupostos do planejamento, da transparência e da gestão fiscal responsável”, aponta o Tribunal. 

Entre as razões pelas quais esses passivos devem ser registrados na DLSP, o Tribunal menciona a existência de financiamento concedido à União, os montantes já são devidos pela União e os valores estão registrados nos ativos do Banco do Brasil, do BNDES e do FGTS. Dessa forma, o discurso de Dilma, que já foi proferido pelo ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e tenta justificar o fato de o governo ter desrespeitado a Lei de Responsabilidade Fiscal, com o argumento de que o fizeram para atender aos mais pobres, é falho. Das pedaladas de R$ 40 bilhões, apenas R$ 6 bilhões foram de atrasos à Caixa Econômica para o pagamento de programas como Bolsa Família.

Contas Abertas

Inmet emite alerta de baixa umidade do ar para Iguatu e região Centro-Sul

0 comentários

Governo autoriza aumento médio de 8,89% nos serviços dos Correios

0 comentários
O governo autorizou um aumento médio de 8,89% nos serviços dos Correios. De acordo com portaria publicada no Diário Oficial, o reajuste vale para todos os serviços postais e telegráficos nacionais e internacionais da companhia. Os novos valores entram em vigor hoje. A estimativa é de aumentar em 700 milhões de reais as receitas do próximo ano.

TCU diz que teve pedaladas

0 comentários
O Tribunal de Contas da União rejeitou por unanimidade o recurso apresentado pelo governo sobre as pedaladas fiscais. A Advocacia-Geral da União alegava que as manobras não caracterizavam operações de crédito e, portanto, não desrespeitavam a lei. O TCU determinou que o Palácio do Planalto apresente em 30 dias um cronograma de pagamento dos R$ 57 bilhões.

Renan defende funcionamento do Congresso durante recesso

0 comentários
O presidente do Senado, Renan Calheiros, afirmou que é fundamental que o Congresso funcione durante o recesso parlamentar, previsto para começar em 22 de dezembro. O tema é discutido para acelerar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, como defende o governo. A oposição é contra. Para suspender o recesso é preciso aprovar a medida no plenário da Câmara e do Senado.

Deputado diz que vai dar quorum do PT na "Papuda"

0 comentários

Temporal no Rio Grande do Sul

0 comentários
Um temporal causou estragos na cidade gaúcha de Caxias do Sul. Cerca de 30 casas ficaram destelhadas. Segundo a Defesa Civil, quatro famílias tiveram que deixar as suas casas. Uma escola teve a cobertura do prédio principal e do ginásio levada pela força do vento, um muro da instituição também foi danificado. Vários postes caíram pela cidade, um deles atingiu um veículo. Não há informações de feridos.

Ataque terrorista no Afeganistão

0 comentários
Ao menos 46 pessoas morreram e 35 ficaram feridas no ataque do grupo Talibã contra o aeroporto de Kandahar, no Afeganistão. O atentado começou na noite de terça-feira com homens-bomba no entorno do local. Na sequência, houve seguidos confrontos com as forças de segurança, que já controlaram a situação. O aeroporto é usado como base militar por tropas do Afeganistão, dos Estados Unidos e da Otan.

Senadores do PMDB dizem que Temer 'estará pronto' para assumir Presidência

0 comentários
Senadores do PMDB deixaram o Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente Michel Temer, afirmando que o vice estará "pronto" para assumir a Presidência caso haja o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Os peemedebistas destacaram, porém, que Temer garantiu que não fará movimentos contra ou a favor ao afastamento da petista. "O vice-presidente não fará qualquer tipo de movimento, mas, se a conclusão dos fatos, de acordo com o que determina a Constituição, revelar a decisão do Congresso brasileiro na direção de sucessão natural, ele naturalmente estará pronto em face das responsabilidades constitucionais que tem", afirmou o senador Ricardo Ferraço (ES).

Segundo o senador Blairo Maggi (MT), Temer está "tranquilo" e vai aguardar a decisão do Congresso sobre o afastamento da petista. "Ele não se moverá para construir fatos ou fará movimentos favoráveis para lá ou para cá", afirmou. Ao chegar ao Jaburu, Blairo declarou que a discussão do impeachment seria boa para o País para tirar o que chamou de "cadáver insepulto na sala". "Ou a presidente tem os 171 votos para continuar no cargo ou terá de dar lugar para que o Brasil ande", disse. Também estiveram com Temer os senadores do PMDB Waldemir Moka (MS), Dário Berger (SC) e Simone Tebet (MS). Nesta quarta (9) Temer ainda vai ter um encontro com a presidente. Mais cedo, o vice fez a sua primeira declaração pública sobre o impeachment. Para ele, a atual discussão do afastamento de Dilma mostra que as instituições brasileiras funcionam e que o País vive uma "normalidade democrática extraordinária".

Dilma e Temer comentaram encontro no Palácio do Planalto

0 comentários
O encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o vice Michel Temer durou aproximadamente 50 minutos no Palácio do Planalto. Na saída, o vice-presidente disse que ele e Dilma combinaram que vão ter uma relação mais institucional e fértil possível. Por nota, Dilma afirmou que ela e Temer decidiram ter uma relação "extremamente profícua". O encontro ocorreu dois dias após Temer entregar uma carta para desabafar sua insatisfação com o papel que tem exercido desde que assumiu o cargo em 2011.

Conselho de Ética vai propor afastamento de Cunha

0 comentários
O Conselho de Ética da Câmara vai propor um projeto para que Eduardo Cunha seja afastado da presidência da Casa. Parlamentares do PSOL e Rede alegam que Cunha está interferindo nos trabalhos da comissão. O Conselho acusa o presidente da Câmara de realizar manobras para arrastar a investigação. A sexta sessão seguida que tenta analisar o processo de cassação foi suspensa ontem.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Câmara Municipal de Iguatu pode prejudicar município em receber verbas do FUNDEB

0 comentários

Senado Federal aprova janela de 30 dias para troca partidária

0 comentários

Após forte articulação do líder do PMDB, senador Eunício Oliveira (CE), o plenário do Senado aprovou, por unanimidade, dispositivo da PEC 113/15 que possibilita aos detentores de mandatos eletivos possam mudar de partido nos 30 dias após a promulgação da emenda constitucional, sem risco de perda do mandato.

Eunício explicou que a finalidade da proposta é permitir que hoje, os insatisfeitos com a atual legenda a que estão filiados, possam mudar de partido sem qualquer penalidade dentro desse período dos trinta dias.

Entretanto, destacou o peemedebista, finalizado esse período, o detentor de mandato que desejar se filiar a outra agremiação terá que obedecer a atual lei dos partidos políticos. “Presenciamos hoje no país um verdadeiro desrespeito com o eleitor e com o sistema político eleitoral brasileiro. Pessoas que fazem negócios se apropriando ou trocando de legenda enquanto os programas partidários e os verdadeiros interesses dos eleitores são deixados de lado”, criticou.

O relatório, que foi elaborado pelo senador Raimundo de Lyra (PMDB-PB), acrescenta que a nova filiação partidária, no entanto, não vai ser considerada para o cálculo do dinheiro do Fundo Partidário nem para o tempo de rádio e televisão. O que para Eunício, “vai dificultar a estratégia daqueles que a cada ano criam uma nova legenda para fazer negociata”.

O texto também define que os eleitos pelo voto majoritário (presidente, governador, senador e prefeito) não perderão o mandato se trocarem de legenda. A mesma regra poderá valer para os eleitos pelo voto proporcional que tiverem votação igual ou maior do que o quociente eleitoral.

Assessoria

Fiocruz desmente boatos de que zika cause doenças neurológicas em crianças

0 comentários
A Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) informou em nota que, até o momento, não há qualquer comprovação científica que ligue ocorrências de problemas neurológicos em crianças e idosos ao vírus zika. A nota foi divulgada nas redes sociais para desmentir mensagens que circulam em grupos de WhatsApp. Segundo esses textos, pesquisadores da Fiocruz descobriram que o zika provoca danos neurológicos a crianças menores de sete anos, como casos de microcefalia, e a idosos.
"Por tratar-se de uma doença recente e que ainda não foi suficientemente estudada pelos pesquisadores, irão surgir muitas dúvidas e perguntas, bem como boatos e informações desencontradas, especialmente nas mídias sociais. É importante, num momento como este, que a população busque informações de fontes seguras e confiáveis", diz a nota, divulgada na noite de ontem (8).
De acordo com a Fiocruz, a informação de que o vírus zika provoca danos a esses dois públicos "não tem fundamentação científica". A fundação esclarece, no entanto, que o zika pode provocar, em pequeno percentual, complicações clínicas e neurológicas em qualquer paciente, independente da idade, assim como outros vírus, como varicela, enterovírus e herpes.

Vetor é o Aedes Aegypti

Além disso, as mensagens virtuais informam que há outros mosquitos, além do Aedes aegypti, que estariam transmitindo o zika no Brasil. A Fiocruz também desmente a informação, explicando que, até o momento, não existem estudos científicos que atestem a existência desses outros vetores.
A Fiocruz destaca no texto que trabalha em parceria com o Ministério da Saúde na investigação da doença e que prima pela transparência e seriedade das informações para a sociedade. UOL

Agenor Neto questiona falta de recursos para hospitais polos do Ceará

0 comentários
O deputado Agenor Neto (PMDB) questionou, no segundo expediente da sessão plenária desta quarta-feira (09/12), a falta de recursos para os hospitais polos do estado do Ceará.
“Em 2006, foram investidos R$ 42 milhões para 28 hospitais polos. Em 2015, com 36 hospitais polos, o investimento foi de R$ 135 milhões. Mas, só para o Hospital Regional de Sobral, são R$ 142 milhões”, informou Agenor Neto. O deputado ainda o criticou o fato de o secretário da Fazenda anunciar que conseguiu R$ 400 milhões para o Acquario. “Uma obra dessas é mais importante que a saúde do nosso povo?”, questionou.
O parlamentar disse ter conhecimento da inversão da porcentagem de recursos oriundos do Governo Federal e do Governo do Estado junto aos municípios para a saúde pública. Ele disse não compreender como a tabela do Sistema Único de Saúde (SUS), mesmo após 12 anos do mesmo Governo, não foi atualizada.
Agenor Neto criticou ainda o pronunciamento do deputado Leonardo Pinheiro (PSD), que teria dito não ser possível comparar o Hospital Regional de Sobral com o Hospital Polo de Iguatu. “Ele disse que fui injusto quando comparei Iguatu com Sobral, quando falei da quantidade de recursos que o Hospital de Sobral recebia. Eu estou confuso, pois a base diz que não existe recurso suficiente para a saúde, mas o deputado Ivo Gomes (Pros) diz que tem dinheiro sim”, comentou.
Em aparte, o deputado Leonardo Pinheiro (PSD) afirmou que a comparação dos hospitais não era legítima da forma como o deputado Agenor Neto fez, pois o atendimento do Hospital Regional é mais amplo e mais complexo do que a de um hospital polo. Entretanto, o parlamentar ressaltou a importância do trabalho desenvolvido no Hospital de Iguatu.
“Acho legítima a sua cobrança por recursos para o funcionamento daquele hospital, mas não acho justo comparar a quantidade de recursos destinada a cada um, pois são realidades diferentes”, argumentou. Leonardo Pinheiro lembrou ainda que “a porcentagem dos investimentos por parte da União e dos estados foi invertida, pois antigamente 80% desses recursos eram oriundos do Governo Federal e, hoje, acontece o contrário”.
Para o deputado Tomaz Holanda (PPS), também em aparte, o deputado Leonardo Pinheiro teria dado a entender que o deputado Ivo Gomes mentiu ao afirmar que Secretaria da Saúde do Ceará tinha recursos suficientes para custear o Hospital Regional do Sertão Central. “Se temos superlotação nesses hospitais daqui é porque não dão condições para os hospitais polos trabalharem”, avaliou.

A hora de salvar o mundo

0 comentários
Os países que participam da Conferência do Clima, na França, chegaram a uma versão mais enxuta de um acordo global. As autoridades eliminaram 14 das 43 páginas do esboço do pacto. Segundo as nações, já há consenso em dois terços dos temas debatidos.

Americanos contra a mineradora Vale do Rio Doce

0 comentários
Um grupo de investidores americanos entrou com uma ação coletiva contra a mineradora Vale em um tribunal de Nova York. Eles acusam a companhia de não prestar dados precisos sobre o rompimento da barragem na cidade mineira de Mariana. Os executivos pedem ressarcimento pelas perdas nos papeis da empresa desde a tragédia. A Vale é controladora da Samarco ao lado da BHP.

TCU rejeita recurso do governo sobre pedaladas fiscais

0 comentários
O Tribunal de Contas da União rejeitou por unanimidade o recurso apresentado pelo governo sobre as pedaladas fiscais. A Advocacia-Geral da União alegava que as manobras não caracterizavam operações de crédito e, portanto, não desrespeitavam a lei. O TCU determinou que o Palácio do Planalto apresente em 30 dias um cronograma de pagamento dos 57 bilhões de reais.

Prefeito Aderilo Alcântara anuncia o pagamento do 13º salário para servidores públicos em Iguatu

0 comentários
A Prefeitura Municipal de Iguatu irá pagar o décimo terceiro salário dos servidores no próximo dia 18 de dezembro. A informação foi confirmada pelo próprio prefeito Aderilo Alcântara durante o nosso programa A Voz do Centro Sul na Rádio Liberdade 870 AM nesta quarta-feira,09, ao vivo quando o gestor era entrevistado pelo comunicador Djacir Araújo.
 “É o compromisso nosso com eles que prestam serviço ao nosso povo, estamos fazendo um esforço gigante, e só vamos conseguir realizar estes pagamentos dos salários dos nossos servidores devido ao nosso equilíbrio financeiro, tenho ouvido de colegas por aí que vão precisar fazer empréstimo para saudar com o funcionalismo, mas nós temos isso como prioridade”, declarou o prefeito de Iguatu.
Falei nesta tarde de quarta-feira,09, com o secretário de finanças, Carlos Alberto onde nos informava que serão injetados na cidade mais de R$5, 5milhões de reais.
Outra informação,  secretários municipais e adjuntos, não estarão recebendo o décimo terceiro.
Vamos refletir...
No momento em que o país vive, uma crise terrível onde tem município que não consegue nem pagar sua conta e luz, Iguatu demonstra através desta atitude que possui um prefeito responsável com a coisa pública. Gestores que conseguem pagar o décimo terceiro na data correta aqui em nosso país, podemos dizer que são verdadeiros defensores dos recursos públicos. Que outros sigam o exemplo de programação e responsabilidade com o tesouro municipal.
Também foi uma grande resposta para alguns opositores de Iguatu que desejam crucificar a gestão municipal, com esta atitude, Aderilo Alcântara dá uma resposta a todos e fecha o ano fazendo o seu papel, ajudando o comércio local e demonstrando o respeito com o servidor público.

Dilma vai ser intimada para se defender no TSE

0 comentários
A repercussão da carta de rompimento de Michel Temer e a derrota do governo na Câmara não foram as únicas más notícias de Dilma, ontem. Ela já sabe que um oficial de Justiça baterá à sua porta, a qualquer momento, para notificá-la a se defender na ação que pode cancelar o registro da candidatura à reeleição, e a do vice Michel Temer, em 2014, e cassar o mandato. A ação tramita no Tribunal Superior Eleitoral.
Na hipótese de Dilma sofrer impeachment antes da conclusão da ação no TSE, o processo continua normalmente com Temer como réu.
Dilma e Temer terão 5 dias para se defender na Ação de Impugnação de Mandato Eletivo por abuso de poder politico e econômico.
Dono da UTC e “chefe” do cartel, o empreiteiro Ricardo Pessoa contou que a campanha de Dilma recebeu dinheiro roubado da Petrobras. 

Diário do Poder

Planalto foi traído por 30 deputados

0 comentários
O Planalto foi traído por pelo menos 30 deputados. Antes da votação contabilizava que 230 votos era o número máximo que conseguiria atingir –e o mínimo para ter mais segurança na condução do processo.
Até deputados do PMDB inscritos na chapa governista festejaram a vitória dos rivais. Vitor Valim (PMDB-CE) gravou vídeo celebrando, com a comemoração dos parlamentares de oposição ao fundo.
De um deputado, segundos após a vitória da oposição: “Isso é acerto de conta. Cada voto aqui, para reverter, vai ser um pedaço do Brasil que Dilma Rousseff terá de entregar.”
No Jaburu, a tropa de Temer dizia que a derrota da petista lembra a eleição de Cunha para a Câmara: como em fevereiro, o governo não aceitou negociar a composição da comissão. Perdeu nas duas.
Diante do placar, aliados de Dilma criticaram a articulação política do Planalto. “Espero que sirva ao menos para estimular a criação de um comando de crise amplo no Planalto. O PT sozinho não dá”, diz Orlando Silva (PC do B-SP), vice-líder do governo.(Painel - Folha de S.Paulo)

Jarbas Vasconcelos declara apoio a Temer

0 comentários
Afastado de Michel Temer e do comando do partido há 10 anos por causa da aliança com o PT, o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) disse que vai se colocar a disposição do vice-presidente para ajudá-lo no que puder. Jarbas disse que avalia o episódio da carta encaminhada a presidente Dilma como positivo, pois explicita uma relação que vinha sofrendo um stress visível há muito tempo. Jarbas criticou também a “violação” de uma correspondência privada por parte da presidente e acha que o caso vai impulsionar a participação do PMDB no impeachment.
“Temer resolveu explicitar esse stress num momento muito importante, em que o Brasil precisa de uma definição. Isso vai ajudar muito a união do PMDB, que estava muito fragmentado, e vai avançar para o impeachment. Vou me colocar a disposição de Temer para ajudá-lo no que puder dentro do PMDB. Estou afastado dele há 10 anos por causa do PT, mas agora Temer está sob fogo do mesmo PT e estarei ao seu lado”, declarou Jarbas Vasconcelos.

Dilma e Temer se reúnem hoje

0 comentários
A presidente Dilma Rousseff e o vice, Michel Temer, devem se reunir hoje. O encontro vai ocorrer dois dias após Temer entregar uma carta para desabafar sua insatisfação com o papel que tem exercido desde que assumiu o cargo em 2011. No texto, o vice-presidente afirmou ter a convicção de que Dilma não confia nele nem no PMDB. O encontro foi acertado pelo ministro da Casa Civil, Jacques Wagner, com um dos principais assessores de Temer.

Lá vem o Delcídio do Amaral

0 comentários
O senador Delcídio do Amaral contratou o advogado Antônio Figueiredo Basto, que é especialista em delações premiadas. O ex-líder do PT no Senado está em prisão preventiva na sede da Polícia Federal em Brasília. Delcídio foi preso por tentar atrapalhar as investigações da Lava-jato.

Reajuste nas tarifas dos Correios

0 comentários
Há menos de um mês na presidência dos Correios, Giovanni Queiroz quer “estancar a sangria” nas contas da empresa, para diminuir o déficit no orçamento, que deve chegar a R$ 2 bilhões até o fim do ano. Até outubro, o resultado negativo estava em R$ 1,3 bilhão. Uma das medidas será a correção das tarifas de serviços não concorrenciais, como as de entrega de cartas e telegramas, em 8,89%, que já foi autorizada pelo Ministério da Fazenda e deve começar a vigorar nos próximos dias. Segundo Queiroz, a medida vai aumentar as receitas da empresa em cerca de R$ 700 milhões por ano.
Medidas administrativas também fazem parte do pacote previsto por Queiroz. O novo presidente dos Correios quer adiar a renovação das frotas de carros e caminhões da empresa, que atualmente ocorre a cada cinco anos. Os contratos de 4,8 mil imóveis que a empresa aluga serão revistos, verbas publicitárias e de patrocínio serão cortadas e até o horário de funcionamento das agências poderá sofrer alterações. Para o ano que vem, o objetivo é cortar R$ 1,7 bilhão em gastos e aumentar em R$ 300 milhões a receita da empresa.
O atual presidente conta que, em reuniões realizadas antes de assumir a gestão da empresa, chegou a ouvir de membros do governo que, se medidas urgentes não fossem tomadas, os Correios poderiam chegar à falência. “Aquilo me chocou bastante, e vi que as coisas eram mais profundas”, disse em entrevista.
Queiroz quer contar com a participação dos 120 mil trabalhadores dos Correios para implementar as medidas de ajuste. Hoje (8), ele se reuniu com representantes de sindicatos e associações dos empregados, e grupos de trabalho foram formados para apresentar soluções até o fim de janeiro. “Não conseguiremos avançar se não tivermos a participação dos trabalhadores na ponta. Se não nos unirmos para fazer essa reforma, vamos ver os Correios se acabarem”, ressaltou.
Algumas medidas devem afetar diretamente os trabalhadores, como a substituição dos uniformes para atendentes de agências por coletes e a entrega alternada de correspondências pelos carteiros. Queiroz ressaltou também a necessidade da revisão de itens do acordo coletivo com os trabalhadores. “Existem concessões que extrapolam a condição da empresa hoje. Temos que negociar, porque precisamos fazer cortes”, disse.
Para dar o exemplo, o presidente dos Correios decidiu cortar na carne: reduziu o próprio salário e o dos vice-presidentes, além de suspender o reajuste de funções. Ele também dispensou o uso de telefone funcional. “Quem quiser ficar rico que vá para a iniciativa privada”, justifica.
(Agência Brasil)
 

Blog do Alex Santana . Copyright 2008 All Rights Reserved Revolution Two Church theme by Brian Gardner Converted into Blogger Template by Bloganol dot com