sábado, 31 de agosto de 2013

Governador de Pernambuco se alia à família Bornhausen

0 comentários
O governador de Pernambuco e provável candidato à Presidência em 2014, Eduardo Campos, prestigiou ontem a posse do secretário de Desenvolvimento Econômico de Santa Catarina, Paulo Bornhausen, no comando do diretório catarinense do PSB. Presidente nacional do partido, Campos filiou o filho do ex-senador Jorge Bornhausen – que comandou o antigo PFL (hoje DEM) – para reforçar seu projeto presidencial no Estado do sul do País.
Paulo Bornhausen trocou o PSD pelo PSB após o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), declarar apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff . Campos, porém, garantiu ao governador que o PSB apoiará a sua candidatura à reeleição. “Eles são amigos de longa data. No almoço dehojeo governador Eduardo Campos afirmou que respeita a decisão de Colombo, e que mesmo assim apoiará seu novo mandato”, disse Paulo Bornhausen, que permanecerá no governo catarinense.

Expresso Guanabara é condenada a pagar R$ 42 mil para vendedora que sofreu acidente em ônibus

0 comentários
A Expresso Guanabara S.A foi condenada a pagar R$ 42 mil de indenização para a vendedora D.D.M., que sofreu acidente dentro de ônibus da empresa. A decisão é do juiz Hyldon Masters Cavalcante Costa, da Comarca de Groaíras, distante 273 km de Fortaleza.

Segundo os autos (nº 37-21.2009.8.06.0082/0), no dia 20 de dezembro de 2006, D.D.M. viajava de ônibus para Fortaleza. Ao chegar à Capital, solicitou ao motorista que parasse em frente a um shopping na avenida Bezerra de Menezes.

O pedido não foi atendido. Depois de solicitar novamente, o motorista pisou bruscamente no freio, o que a fez cair no veículo. Por alguns instantes, ela ficou desmaiada, e quando recuperou a consciência, percebeu que tinha fraturado o braço esquerdo.

Os outros passageiros intercederam, pedindo encaminhamento para um hospital, mas o motorista disse que “ela se virasse”. D.D.M. não teve outra alternativa a não ser descer do ônibus e seguir direto ao hospital mais próximo.

Diante do constrangimento e do desrespeito do funcionário da empresa, a vendedora ingressou na Justiça requerendo indenização por danos morais e materiais. Além disso, pleiteou reparação de lucros cessantes, pois ficou impossibilitada de trabalhar por conta do tratamento médico.

Na contestação, a Expresso Guanabara não negou a existência do fato, mas defendeu que a passageira foi a própria culpada pelo acidente, pois permaneceu em pé quando não poderia.

No último dia 14 de agosto, o juiz determinou o pagamento de 120 salários mínimos da época do ocorrido (R$ 350,00), o que corresponde a R$ 42 mil. O magistrado afirmou que os transtornos e abalos psicológicos sofridos pela cliente em decorrência do acidente foram comprovados.

Como não ficou demonstrado nos autos o efetivo prejuízo patrimonial suportado pela vítima, o juiz desconsiderou os pedidos de indenização por danos materiais e lucros cessantes.

Voto aberto está longe de consenso na Câmara

0 comentários
Apesar do constrangimento gerado pela preservação do mandato do deputado-presidiário Natan Donadon (ex-PMDB-RO), não há consenso na Câmara em torno da proposta de acabar com o voto secreto para cassação em qualquer circunstância. Há uma articulação, ainda em fase inicial, para endurecer as regras apenas para parlamentares que tenham condenação criminal em sentença transitada em julgado. Isso seria feito restringindo o texto da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Voto Aberto, deixando de fora os acusados por quebra de decoro, ou aprovando apenas a chamada PEC dos Mensaleiros, que determina a perda automática do mandato para os parlamentares condenados.
Relator na comissão especial da Câmara da PEC 196/2012, que acaba com o voto secreto apenas para perda de mandato, Vanderlei Macris (PSDB-SP) pretende apresentar seu parecer no dia 24 de setembro, e a previsão é que o texto seja votado, no colegiado, no dia 1° de outubro. Não seria possível antecipar esse calendário, porque o regimento da Casa estabelece um prazo de dez sessões ordinárias para a apresentação de emendas ao texto.

Grupo faz protesto em frente à sede da TV Globo

0 comentários
Um protesto contra a Rede Globo e pela democratização da mídia, em São Paulo, reuniu na noite de ontem cerca de 150 militantes de movimentos sociais e adeptos da tática “black bloc”, segundo estimativa da Polícia Militar.
O grupo se concentrou em uma praça na avenida Luís Carlos Berrini e marchou rumo à sede da emissora, no Brooklin (zona sul).
Os “black blocs” esvaziaram dois sacos de esterco na calçada em frente a uma das portarias da Globo e atiraram contra a logomarca da emissora. A entrada também foi pichada, e algumas luminárias do jardim foram quebradas com varas de bambu arrancadas do canteiro central da avenida.

Município de Horizonte deverá custear tratamento para idoso com tumor na próstata

0 comentários
O juiz Francisco Gladyson Pontes Filho determinou que o Município de Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza, pague cirurgia para o idoso J.C.O., diagnosticado com câncer de próstata. Além disso, o ente público deverá providenciar transporte e medicação necessária para o pós-operatório do paciente.

Segundo os autos (nº 9621-61.2013.08.06.0086/0), o idoso, de 83 anos, precisa fazer cirurgia com urgência, mas não conseguiu vaga disponível em hospital do Sistema Único de Saúde (SUS). Por isso, ajuizou ação, com pedido liminar, requerendo que o Município de Horizonte pague o procedimento cirúrgico, bem como medicação necessária ao tratamento.

Nessa quarta-feira (28/07), o magistrado, que é titular da Vara Única da Comarca de Horizonte, concedeu a liminar determinando que o ente público pague integralmente a cirurgia em hospital particular ou público do Município de Fortaleza. Em caso de descumprimento da decisão, fixou multa diária de R$ 5 mil.

Segundo o juiz, não é razoável que o paciente, já idoso, espere por tempo indefinido pelo procedimento, pois é dever do Estado garantir “a saúde dos administrados necessitados”. Por isso, “não advirá, do cumprimento de tal obrigação, violação alguma à ordem econômica e orçamentária”.

TJCE

II Encontro Regional do PSDB Mulher no Sertão Central é realizado em Dep. Irapuan Pinheiro

0 comentários

Juiz condena ex-prefeito de Altaneira a pagar dano moral coletivo

0 comentários
O valor de R$ 100 mil reais, por causar a anulação de eleição municipal de 2008 foi determinado pela 16ª Vara Federal, em Juazeiro do Norte. Na época, a 53ª Zona Eleitoral de Santana do Cariri cassou os diplomas do prefeito e vice de Altaneira, aplicando-lhes multa e determinando a realização de novas eleições municipais.
O juiz federal concluiu que “o direito de sufrágio, como já visto, um dos primeiros direitos fundamentais conquistados na época moderna, categorizável como de primeira dimensão/geração, integra, sem lastro para dúvida, o mínimo necessário para que haja dignidade ao ser humano. Não houvesse o voto, exercício do sufrágio, não haveria democracia, república, responsabilidade do Estado perante os súditos, enfim, Estado de Direito.”

Ação do MP requer concurso público no Crato

0 comentários
O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça do Crato, Lucas Felipe Azevedo de Brito, propôs, dia 27/08, uma ação civil pública com pedido de antecipação dos efeitos da tutela contra o município do Crato. Na ação, o promotor requer que sejam declarados nulos todos os contratos temporários levados a efeito desde 01/01/2013 em todas as secretarias municipais de Crato, celebrados sem o preenchimento dos requisitos legais e constitucionais autorizativos.
Em caso de deferimento da ação, a Justiça determinará ao chefe do Executivo municipal que envie dentro do prazo de 30 dias um projeto de lei ao Legislativo contemplando a criação de vagas para os mesmos cargos e em igual número aos que são ocupados atualmente pelos servidores contratados temporariamente. O prefeito deverá, ainda, rescindir todos o contratos temporários até dezembro de 2013.
Na petição, o representante do Ministério Público também solicita que a Justiça ordene ao chefe do Executivo que nomeie e dê posse aos novos servidores da educação (substitutos dos temporários) até, no máximo, janeiro de 2014 ou e qualquer data anterior ao início do calendário escolar do município e quanto aos demais servidores que não sejam da educação, dentro de 30 dias após a publicação da lei.
Em outubro de 2011, a Prefeitura Municipal de Crato, depois de vários anos, lançou por meio do Edital nº 01/2011, de 20 de outubro de 2011 e seus aditivos, concurso público para preenchimento de 360 cargos na administração direta, todos criados por meio das Leis Municipais nº 2.667/2011 de 10/02/2011 e nº 2.701/2011, de 27/06/2011. O objetivo era diminuir drasticamente a quantidade de funcionários admitidos sob as condições de “servidor temporário”.
O certame se desenvolveu sem aparentes irregularidades, chegando a ser homologado em abril de 2012 e convocados vários candidatos conforme edital de convocação nº 01/2012, de 12/04/2012. Ao mesmo tempo em que o concurso se desenvolvia, a Promotoria de Justiça fiscalizava a administração municipal no sentido de que esta nomeasse os candidatos aprovados no concurso e dispensasse os contratados temporariamente, de tal sorte que foram feitas requisições de informações sobre as nomeações de aprovados e as contratações temporárias; oferta de vagas para candidatos portadores de deficiência e suas respectivas nomeações.
As requisições de informações foram devidamente respondidas, sendo que a administração do Crato enviou informações contendo lista dos candidatos aprovados dentro do número de vagas e os classificáveis, lista contendo candidatos convocados e uma lista com 888 pessoas admitidas na municipalidade sob a condição de temporário. Ainda que se chamasse à época todos os candidatos aprovados, ainda restaria no município de Crato, 528 pessoas contratadas temporariamente, quantitativo este que por si só já justificaria a nomeação do candidatos classificáveis.
Tendo em vista a enorme quantidade de temporários na administração municipal e também várias “denúncias” levadas à Promotoria de Justiça acerca da preterição dos aprovados por aqueles. O quadro de inconstitucionalidade (art. 37, CF/88) burla as vias ordinárias da entrada no serviço público em qualquer das esferas de poder deste país.

MP cobra rescisão dos contratos temporários irregulares em Groaíras

0 comentários
O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça Bismarck Soares Rodrigues, entrou hoje (30) com uma Ação Civil Pública contra o município de Groaíras cobrando a rescisão de todos os contratos firmados com servidores temporários contratados irregularmente até dezembro de 2013 – excetuando-se os contratos referentes aos cargos de agente comunitário de saúde e agente de endemias.
O MP requer também a declaração de nulidade de todos os contratos desde 1º de janeiro de 2013 em todas as secretarias municipais de Groaíras e o envio do projeto de lei ao Legislativo local contemplando a criação de cargos e realização de concurso público para substituição de todos os servidores temporários irregulares no prazo de 15 dias.
De acordo com o promotor de Justiça, a medida visa evitar a costumeira contratação de servidores temporários para execução de serviços permanentes e regulares prestados pelo Município, sob a alegação de excepcional interesse público, em evidente burla aos princípios da acessibilidade e da obrigatoriedade de concurso público para o exercício de tais cargos.
Em caso de descumprimento, a multa diária é no valor de R$ 10 mil, a ser paga pelo prefeito de Groaíras, Adail Albuquerque Melo.

MPCE

Cinco cidades têm novas eleições neste domingo

0 comentários
Moradores de cinco cidades de cinco Estados brasileiros voltam às urnas neste domingo (1) para eleger novos prefeitos. As novas eleições foram marcadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) porque os eleitos em outubro de 2012 não puderam assumir por terem cometido infrações eleitorais ou por estarem incursos na Lei da Ficha Limpa. Como os eleitos tiveram mais de 50% dos votos válidos, a legislação exige um novo pleito.

No total, cerca de 50 mil eleitores voltam às urnas em Goiatuba (GO), Santana de Cataguases (MG), Soledade (PB), Augusto Pestana (RS) e Taipas do Tocantins (TO). Ao todo, 50 cidades em 17 Estados já realizaram novas eleições este ano. Outras eleições ainda vão acontecer. Para o dia 6 de outubro já estão marcados novos pleitos em mais cinco cidades, duas delas no Estado de São Paulo: Tabatinga e Ibaté.
Fonte: Agência Estado

Aécio grava em obras atrasadas da transposição do Rio São Francisco

0 comentários
O senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), aproveitou o périplo por três Estados do Nordeste, nesta sexta-feira, 30, para gravar imagens nos canteiros de obras da transposição do Rio São Francisco. O projeto é uma das prioridades do governo Dilma Rousseff e deveria ter sido concluído no final do ano passado.
Na parada em Mauriti (CE), Aécio gravou um vídeo e revelou que pretende fazer imagens em outras obras inacabadas do governo federal. As gravações foram feitas pela equipe do PSDB. Oficialmente, serão usadas no horário institucional este ano do partido na TV.
Ao chegar a Juazeiro do Norte (CE), o tucano, ao lado do ex-senador Tasso Jereissati (CE), fez críticas à presidente Dilma pelos atrasos na obra . "A transposição já era para ter sido concluída. É muita propaganda e pouca ação. Acho difícil terminá-la até 2015. Vamos levar essa e outras denúncias ao Congresso Nacional", afirmou.
Aécio visitou ainda um projeto de irrigação entregue à comunidade de Mauriti durante a última gestão de Tasso como governador do Ceará, entre 1999 a 2002. O senador aproveitou a oportunidade para lançar o correligionário ao Senado. "Ele deve retornar à vida pública já em 2014. Trata-se de uma referência na política nacional e faz muita falta ao Congresso, mas se ele decidir voltar à política local terá todo o apoio da direção nacional do PSDB", disse.
Tasso adiou a decisão para 2014: "Não me iludo com pesquisas, pois elas representam um momento. Daqui para 2014 há muito tempo".
O político cearense também levou Aécio, como fez nas campanhas presidenciais de José Serra e Geraldo Alckmin, para conhecer o horto de Padre Cícero, uma das figuras religiosas mais importantes do Nordeste. Lá oraram e gravaram mais vídeos.
Estadão

Eduardo Gaievski, ex-assessor da Casa Civil, é preso por suspeita de estupro

0 comentários
Eduardo Gaievski, ex-assessor da Casa Civil do Palácio do Planalto, foi preso em Foz do Iguaçu, na fronteira do Paraná com o Paraguai, neste sábado (31), por suspeita de estupro.
 
Gaievski, que é ex-prefeito de Realeza, no Sudoeste do Paraná, era considerado foragido da Justiça. Um mandado de prisão preventiva contra ele foi aberto no último dia 23.

Ele é suspeito de obrigar adolescentes a manter relações sexuais com ele em troca de dinheiro, entre 2005 e 2012, época em que ainda era prefeito de Realeza.
 
O processo, que corre em segredo de justiça, traz 38 fatos com 23 vítimas. Com 17 meninas os crimes aconteceram mais de uma vez.
 
Em entrevista recente à uma revista, Gaievski negou as acusações e disse que é alvo de retaliação por membros do Ministério Público.
O Tempo

Vereador é agredido dentro da Câmara pelo prefeito da cidade

0 comentários
Um verdadeiro tumulto aconteceu no início da noite desta sexta-feira (30), na Câmara Municipal de São José da Lagoa Tapada, Sertão do Estado.

De acordo com informações do Vereador Romero Sá (PSDB), líder da oposição naquela cidade, durante a abertura da sessão, o prefeito Evilásio Formiga Lucena Neto (DEM), invadiu a Câmara, juntamente com seu tio, Cláudio Antônio Marques, mais conhecido como Coloral, seu irmão Junior de Coracy, assessores, o chefe de gabinete e um mortorista da Prefeitura e começaram a desferir-lhe murros e pontapés.

Ainda segundo Romero, ele já fez algumas denúncias da atual gestão, o que deve ter despertado a ira por parte do prefeito Neto.

Momentos antes de iniciarem os trabalhos da Casa, do lado de fora estava havendo uma manifestação pacífica por parte dos servidores municipais reivindicando planos de cargos e carreiras e cobrando do gestor do município a conclusão de algumas obras naquela cidade. Na hora do tumulto, as portas da Câmara foram fechadas e a população foi proibida de entrar.

O vereador ainda informou que só conseguiu sair ileso pois um primo conseguiu adentrar a Câmara de Vereadores e o retirou de lá.

“Meu primo conseguiu entrar e me tirar de lá, mas ele ainda levou cadeiradas e uma garrafada na cabeça. Acredito que essa ação foi premeditada, uma verdadeira tentativa de homicídio” revela Romero.

O vereador se encontra neste momento na delegacia de São José da Lagoa Tapada registrando um boletim de ocorrência e deve passar por exames de corpo de delito.


PB Agora

FHC defende acordo de Aécio com Eduardo Campos

0 comentários
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou ser favorável à formação de palanques duplos entre o PSDB e o PSB nas próximas eleições. A declaração foi feita em evento da militância negra do PSDB na manhã deste sábado (31).
Indagado sobre o acordo pré-eleitoral firmado entre o presidente do PSDB, Aécio Neves, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), o ex-presidente disse: "Se for feito um acordo nesse sentido, sou favorável".
FHC disse ainda não estar informado sobre pacto e afirmou que a candidatura de Campos seria positiva para o país.
"Não sei se o Eduardo Campos será candidato, ele ainda não confirmou. Eu gostaria que ele fosse. Gostaria porque precisamos ter vários pontos de vista no Brasil. Ele foi um bom governador e gosto dele. Mas não posso deduzir daí que eles [Aécio e Campos] fizeram um pacto", disse FHC.

PRÉVIAS
O ex-presidente também falou sobre a possibilidade de realização de prévias com a participação de José Serra.
"Serra está buscando espaço para ele e a gente tem que entender isso. Vamos ver quem tem maioria. Se for o caso, faz-se uma prévia. Mas o Serra ainda não disse que é candidato", afirmou.
FHC disse que a maioria do partido tem se manifestado a favor de Aécio. "Nesse momento a maioria do partido se inclina pelo Aécio Neves", disse.
Questionado se a busca de Serra por uma candidatura racharia o PSDB, o ex-presidente disse que "um partido maduro não racha assim, porque alguém tem uma aspiração e o outro também tem. Há mecanismos democráticos de solução, não tem que rachar nada".
PT
O ex-presidente defendeu conversas inclusive com Marina Silva, da Rede, e criticou o PT. "Acho lamentável que o Brasil tenha ficado, por força do petismo, nessa posição de não conversar com o outro, como se o outro fosse inimigo. Isso é muito antidemocrático".
Sobre o fato de o governo estar comemorando o resultado do PIB divulgado na sexta-feira, FHC afirmou: "Eu também comemoro. Qual é o brasileiro que não fica feliz quando melhora?. Está tão ruim, tem que melhorar um pouco".

Folha

Partido de Marina será 99

0 comentários


    A pedido de Marina Silva, o TSE definiu que a Rede terá o número 99. De acordo com a coluna de Ilimar Franco, o Solidariedade, do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT/SP), será 77. A demora agora é a criação dessas duas legendas serem aprovadas .

    Cid Gomes pode se transferir para Solidariedade

    0 comentários

    A turma do PSB no Senado está apostando que o governador do Ceará Cid Gomes está prestes a arrumar as malas e carregar seus aliados cearenses para se filiarem ao Solidariedade, o esboço de partido capitaneado por Paulinho da Força.
    De acordo com Lauro Jardim, de Veja, o compromisso pode ser fechado na próxima terça-feira (3), quando Paulinho almoçará com Cid Gomes em Fortaleza. Cid é o principal opositor do PSB a candidatura de Eduardo Campos (PSB) à Presidência da República em 2014.

    Ceará tem a primeira ZPE em funcionamento do Brasil

    0 comentários
    O governador Cid Gomes inaugurou nesta sexta-feira (29) a primeira Zona de Processamento e Exportação do Brasil (ZPE Ceará). Localizada no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), entre São Gonçalo do Amarante e Caucaia, a ZPE do Ceará foi criada em 2010, e já entra em operação com empresas já instaladas. “Temos de perímetro 21 quilômetros. Essa área alfandegária, com todas as repartições que atuam nas áreas de exportação e importação inaladas, como Receita Federal, Anvisa e Sefaz. Essa obra vai ter um extraordinária benefício para o Ceará”, explicou o Governador. “Com essa obra temos a possibilidade de implantar nesse espaço, empresas voltadas para a produção de bens de exportação”, completou Cid Gomes.  

    Na obra, o Governo do Estado investiu R$ 54 milhões, e apesar de ser a segunda alfandegada pela Receita Federal no País, a ZPE do Ceará é a primeira em pleno funcionamento no País, e com futuras instalações da CSP (Companhia Siderúrgica do Pecém). “O Acre tem uma área de três hectares alfandegados, mas sem nenhum empreendimento em nenhum funcionamento, diferente da nossa ZPE que vai abrigar a terceira maior siderúrgica do Brasil com capacidade para produzir 3 milhões de toneladas de placa de aço, e com capacidade de receber e implantar muitos outros investimentos. Com isso somos de fato a primeira Zona de Processamento e Exportação do país”, destacou o Governador que lembrou ainda que a China tem 2.000 ZPEs em funcionamento e o Brasil passa, agora, a ter a primeira, no Ceará.


    zpedentro1
    Os primeiros distritos industriais foram pensados ainda 1988, onde as empresas nelas localizadas operam com isenção de impostos e liberdade cambial (não são obrigadas a converter em reais as divisas obtidas nas exportações). “Isso vai garantir uma grande versatilidade a esses empreendimentos”, reforçou. Na ZPE 80% da sua receita são resultados de exportações e com previsão de até 20% de sua produção voltadas para o consumo interno. A parcela vendida no mercado doméstico, quando autorizada, paga integralmente os impostos normalmente cobrados sobre as importações.



    Outro referencial da ZPE do Ceará é estar instalada dentro do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), concebido para abrigar atividades diversas, tendo como infraestrutura e equipamentos importantes: correia transportadora, porto, ferrovia, gasoduto, duas usinas termelétricas, energia convencional e possibilidades de utilização de formas alternativas (eólica e solar), refinaria, siderúrgica, porto e atividades industriais relacionadas. “O Porto do Pecém tem características bem especiais, pois apresenta 19 metros de calado podendo se tornar um grande hub, uma grande concentração de cargas”, destacou o Governador. Segundo Cid Gomes, no Porto já foram investidos mais de R$ 400 milhões. Outras ações estão sendo desenvolvidas o que vai resultar em mais R$ 600 milhões em investimentos com recursos próprios do Governo do Estado. “Isso significa R$ 1 bilhão em melhorias. Nosso Porto apresenta muitas possibilidades e que vai aumentar com a inauguração da ZPE”, reforçou Cid Gomes. 


     
    zpedentro2
    A ZPE do Pecém já apresenta uma segunda empresa a ser aprovada pelo Conselho Nacional de ZPEs (CZPE) e autorizada a se instalar. A Vale Pecém é empresa da Vale S/A voltada para o fornecimento de minério de Ferro à CSP. É autorizada a operar o pátio de minério de Ferro e pelotas, fornecendo à CSP, e ao beneficiamento de matéria-prima. Serão investidos US$ 96,7 milhões na implantação da Vale Pecém, com expectativa de gerar 180 empregos diretos e de início das operações em 2015. “A Zona de Processamento do Ceará é algo administrativamente não só importante para o Ceará, mas para todo o Brasil, e que vai ajudar o Estado a despontar como um estado importante na economia brasileira. O Ceará está mais uma vez na vanguarda, e isso só mostra a pungência da sua economia”, destacou o ministro da Secretaria Especial dos Portos, Leônidas Cristino.



    Presente na solenidade, o presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (Cede), Alexandre Pereira, reforçou também a importância da obra para economia cearense, entre eles a atração de investimentos estrangeiros voltados para as exportações; colocar as empresas nacionais em igualdade de condições com seus concorrentes localizados em outros países, que dispõem de mecanismos semelhantes. “A ZPE está inserida em um contexto de desenvolvimento que é o Porto do Pecém. Essa obra já se inicia vitoriosa”, destacou.  



    zpedentro3
    Para o presidente da ZPE Ceará, Cesar Augusto Ribeiro, na prática a ZPE se reverter em benefícios também para a população, como a criação de empregos e geração de renda. “É um investimento capaz de diminuir as desigualdades sociais”, reforçou o presidente. Também prestigiaram a solenidade o vice-governador, Domingo Filho; o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, José Albuquerque; deputados federais, estaduais; além de representantes ligados a ZPE do Ceará e prefeitos da região em seu entorno.

      

     
    IMG 7208
    Após a inauguração da ZPE, o Governador participou do lançamento do novo Distrito Industrial, localizado no município de São Gonçalo do Amarante.


    Lideranças de Solonópole e Jaguaretama recepcionam Agenor Neto e comitiva

    0 comentários
    O líder político Agenor Neto continua apresentando em várias cidades as ações realizadas em Iguatu na sua gestão, que transformaram o município nos últimos anos.
    Desta vez, as cidades de Solonópole e Jaguaretama recepcionaram o político iguatuense, a nossa equipe de reportagem acompanhou toda movimentação nas duas cidades, e nossas lentes registraram o que todos sabiam, o nome de Agenor Neto é reverenciado como um exemplo a ser seguido por todos os políticos da região.
    Em Solonópole, várias lideranças recepcionaram o político de Iguatu e declararam que as ações realizadas por Agenor Neto devem ser feitas na cidade. “Queremos o Agenor Neto como parceiro da nossa gestão, é um exemplo para todos nós e por isto está aqui, para falar sobre o Iguatu, o seu trabalho e com isto reforçar ainda mais a sua união com o nosso povo”, declarou o empresário, Thiago Nogueira.
    O prefeito da cidade, Webston Pinheiro; o seu vice Carlos Kleber; o presidente da Câmara Municipal, Thiago Bastos; vereadores e lideranças comunitárias e cerca de 500 pessoas acompanharam o encontro e ouviram atentamente as palavras do líder político que ficou impressionado com tamanha demonstração de apoio, “ é como estar em Iguatu, onde recebemos o carinho das famílias, aqui tive isto como vocês também observaram. Vejo que Solonópole possui lideranças que se preocupam com as pessoas e por isto vim aqui, e pretendo passar para eles a minha experiência como gestor. A fórmula é simples cuidar do nosso maior bem que são as pessoas, todas e em especial os mais carentes e ter muita determinação para fazer o bem. Agradeço a esta cidade pela demonstração de apoio e vamos ajudar este amigo que o Webston Pinheiro e seus companheiros a fazer um trabalho de sucesso em Solonópole”, afirmou Agenor Neto.

    Em seguida, o líder político que estava acompanhado pelo prefeito Aderilo Alcântara e o prefeito de Orós, Simão Pedro, além dos vereadores Pedro Lavor, Ronald Bezerra, Marciano da Rodoviária, Antônio Baixinho, Nelho Bezerra e Louro da Barra. De Quixelô estavam presentes na comitiva o político Gilson Oliveira, os vereadores Samuel Araújo, Dada e Chico César. Foram para a cidade de Jaguaretama que comemorou nesta quinta-feira, 29, o seu aniversário de emancipação política, 148 anos.
    Novamente o líder político foi recebido pelas lideranças da cidade que em entrevista declararam que Agenor Neto também é exemplo para gestão daquela cidade, “ não podemos esquecer deste político, quando procuramos bons exemplos de gestão, é o primeiro nome que aparece, fico feliz em tê–lo em nossa cidade par que participe da nossa festa e fale sobre o sucesso que obteve em Iguatu e que através da sua experiência possa somar forças para ajudar a nossa Jaguaretama”, destacou a prefeita Ila Pinheiro.
    No palco montado no centro do município, várias autoridades foram chamadas para falar a uma multidão de quase cinco mil pessoas. Agenor Neto foi o primeiro a se pronunciar e por alguns minutos enviou a sua mensagem de esperança para Jaguaretama, “ é o aniversário de um cidade, é também a renovação de esperança por um novo tempo, falar para aquele público sobre o nosso Iguatu e as ações que realizamos em nossa gestão foi uma honra, a prefeita Ila Pinheiro e sua equipe vão realizar uma gestão brilhante e o que fiquei mais feliz foi em ouvir de todos que a sua maior preocupação é com as pessoas, as famílias e com isto posso dizer que Jaguaretama pode contar conosco para ajudar neste crescimento e desenvolvimento do município, parabéns a todos por esta data e momento político que estão vivendo”, finalizou Agenor Neto.

    Outras lideranças falam sobre o político de Iguatu
    Nos dois municípios que Agenor Neto visitou, a demonstração de apoio e admiração não foram apenas apresentadas por populares, mas por muitas lideranças da região e do Ceará.
    O Deputado Federal, Arnon Bezerra, declarou que Agenor Neto é o exemplo atual de como um prefeito deve agir em seu município, “ o que podemos falar sobre este jovem político é que revolucionou uma cidade, transformou o Iguatu com uma gestão brilhante e passou a ser uma referência para todos”.
    O vice–prefeito de Solonópole, Carlos Kleber, também destacou que o político iguatuense  se destaca pela liderança e trabalhos realizados, “ um homem que possui uma liderança incontestável, ações que impressionaram a todos e que por isto colhe os frutos nos dias atuais, Agenor Neto plantou na sua história através de muito trabalho a imagem de um político arrojado, ético e que trabalha incansavelmente pelo seu povo”, declarou.
    Imagens da TV Iguatu.net:



    Iguatu.net

    sábado, 10 de agosto de 2013

    Grupo canta 'Robocob Gay' para deputado Feliciano em pleno voo

    0 comentários
    Durante um voo que ia de Brasília a São Paulo na sexta-feira (9) um grupo de jovens cantou a música "Robocop Gay", dos Mamonas Assassinas, para o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP). Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Feliciano é alvo de protestos desde que assumiu o cargo por defender a chamada "cura gay", que autoriza psicólogos a oferecer tratamento para reverter a homossexualidade.
    Pelo microblog Twitter, o parlamentar relatou: "Ao decolarmos em Brasília cerca de 10 gays me constrangeram, dois vieram a minha poltrona gritando, cantando música bizarra". Ele rebateu acusação de ser contra os gays: "Estes cidadãos colocaram em risco a segurança dos passageiros. Querem respeito, mas não respeitam. [...] E assim fazem com qualquer pessoa que discorde de suas práticas. Que Deus nos guarde. Não sou contra gays, sou defensor da família natural!"
    Em vídeo disponível no Youtube, jovens se aproximam e começam a cantar trechos da música dos Mamonas Assassinas: "Abra sua mente, gay também é gente. Baiano fala 'oxente' e come vatapá. Faça sua barba, arrume seu bigode. Feliciano também pode, não tente disfarçar."
    O parlamentar não reagiu e continou olhando o computador. Em alguns momentos, jovens passaram a mão no cabelo dele, até que uma pessoa sentada perto pediu para o grupo parar. De outro ponto da aeronave, os jovens continuaram a se referir ao parlamentar:"Feliciano, pode esperar, a sua hora vai chegar" e outros disseram "Você não me representa" e "Minha família me aceita".
    Em seu microblog, o parlamentar agradece aos passageiros do voo e ao apoio da Polícia Federal. Segundo ele, agentes o auxiliaram depois que a aeronave pousou. "Os passageiros me defenderam, o piloto ameaçou retornar pra Brasília. Sofri xingamentos o voo todo. Haviam crianças no voo, família", contou.
    Um assessor do deputado que também estava no avião disse que, em solo, agentes federais pediram para que o parlamentar identificasse "os arruaceiros", mas que Feliciano não prestou queixa e eles foram liberados.
    G1

    97% do PSB de SP é favorável à candidatura de Campos

    0 comentários
    A ampla maioria (97%) do diretório estadual do PSB em São Paulo é a favor da candidatura do presidente nacional na legenda, governador Eduardo Campos (PE), à Presidência da República.
    O diretório estadual realizou nesta sexta-feira a apuração dos votos dos 500 diretórios municipais para apurar a questão. Além disso, os membros estaduais do partido também opinaram sobre à saída da base do governo da presidente Dilma Rousseff. "Os mesmos 97% defendem a saída do governo Dilma em setembro", disse o presidente estadual, Márcio França.
    Segundo França, a recomendação é que os outros Estados façam consultas semelhantes. "Nós convidamos o Eduardo para um evento no final deste mês para entregarmos esse documento que mostra o amplo apoio à sua candidatura", disse, ressaltando que o partido de SP representa 31% dos delegados na Convenção Nacional. "É um peso importante."
    Como presidente estadual, França afirmou que sua posição também é favorável às duas questões abordadas. "Eu tenho a impressão de que o partido evoluiu, hoje temos seis governadores", frisou, destacando que apesar de a presidente Dilma Rousseff ser "decente e digna", "ela já mostrou que não tem paciência para governar no primeiro mandato". "Imagina no segundo (mandato)", disse.
    França afirmou que o País precisa voltar os seus olhos para uma novidade. "É isso que estamos captando nas ruas", disse. "Hoje eles veem a Marina (Silva) ainda como novidade, mas vão acabar percebendo que o Eduardo é a novidade, que tem uma gestão bem avaliada e vai ter paciência para governar o País."
    Segundo o presidente estadual, o partido evoluiu e pode ter um candidato próprio à Presidência. "O tempo vai dizer se estamos certos ou não", comentou. 
    Estadão

    Justiça condena TV Record a indenizar senador

    0 comentários
    O Tribunal de Justiça do Amapá condenou a TV Record e sua retransmissora no Amapá, a TV Marco Zero, por danos morais ao senadorJoão Capiberibe (PSB-AP). As emissoras terão ainda que pagar uma indenização de R$ 21 mil ao parlamentar. O processo começou nas eleições majoritárias de 2006 quando Capiberibe, então candidato ao governo, e sua mulher, que concorria à Câmara, deputada Janete Capiberibe (PSB-AP), tiveram suas candidaturas suspensas temporariamente pelo TRE e as emissoras deram a informação falsa aos eleitores que os dois concorrentes teriam saído definitivamente da disputa. 

    Blog Felipe Patury

    Ministério Público determina o pagamento de servidores públicos de Madalena

    0 comentários
    O promotor de Justiça da Comarca de Madalena, Gustavo Pereira Jansen de Mello, ajuizou, dia 7, uma ação civil pública com pedido de liminar contra o município de Madalena, requerendo o bloqueio imediato dos recursos do FUNDEB, FPM, ICMS e FUS repassados àquele município os quais deverão ser destinados pelo próprio Poder Judiciário ao pagamento dos servidores públicos municipais em atraso.

    Embora venha recebendo normalmente os repasses do FPM, ICMS, FUNDEB e FUS neste primeiro semestre, a Administração municipal não tem empregado os recursos da forma determinada pela legislação regente. Isto vem ocasionando atraso frequente no pagamento dos servidores concursados, comissionados e contratados de todas as secretarias municipais.

    Conforme informação encaminhada pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Madalena ainda não foi pago o terço de férias devido aos professores e o mês de julho para todos os servidores efetivos. Quanto aos servidores comissionados e contratados, a situação é ainda mais delicada. Conforme documento encaminhado pelo prefeito, estas categorias até o momento ainda não receberam as remunerações relativas ao mês de junho/2013, não havendo qualquer perspectiva quanto ao pagamento do mês de julho/2013.

    A ausência de organização e critério da gestão municipal quanto à utilização dos recursos públicos para o pagamento em dia do funcionalismo público têm constituído verdadeira situação de calamidade, na medida em que se trata de verba alimentar, recurso imprescindível à subsistência dos servidores e de suas famílias. Do mesmo modo, a insolvência dos servidores públicos gera o desabastecimento do comércio local e o empobrecimento da população como um todo, havendo risco, inclusive, de paralisação de todos os serviços essenciais prestados à comunidade de Madalena.

    MPCE

    Justiça decreta nelegibilidade do ex-prefeito de Massapê, João Pontes Mota

    0 comentários
    O juiz eleitoral da 45ª Zona Eleitoral, Welton José da Silva Favacho, decretou a inelegibilidade do ex-prefeito de Massapê João Pontes Mota e outras quatro pessoas. Eles são acusados de desvirtuar o programa “Massapê Vida Melhor” para fins eleitoreiros. A decisão ocorreu no dia 31 de julho, atendendo a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), proposta pela promotora de Justiça Kamyla Ferraz Brito.

    Estão inelegíveis também o ex vice-prefeito Paulo Jilson Pontes; o candidato a prefeito nas eleições de 2012 Fernando Antônio Marques; o candidato a vice-prefeito nas eleições de 2012 Coriolano Neto Lira Frota; e a ex-secretária de Ação Social Fátima Maria Gomes de Castro. 

    Em julho de 2011, foi sancionada lei municipal nº 658/2011, criando o programa de transferência de rendas, denominado “Massapê Vida Melhor”, beneficiando famílias de baixa renda com a quantia de R$ 50 mensais. A denúncia é de que o grupo realizava distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados pelo poder público em favor do candidato.

    A lei municipal estipulava a criação de cartões magnéticos para a retirada do dinheiro. No entanto, o benefício acabou sendo distribuído pessoalmente pela administração municipal que, no ato da entrega, vestia camisas azuis em referência à cor do partido da gestão à época – com o objetivo de identificar o candidato lançado pelo ex-prefeito João Pontes.  
       
    Ainda foi apurado que o programa beneficente contava com cerca de 200 beneficiados em agosto de 2011, tendo ocorrido um aumento significativo durante o ano eleitoral. Em setembro de 2012, eram mais de 1 mil pessoas beneficiadas diretamente.

    MPCE
     

    STF decidirá na quarta-feira se é possível novo julgamento do mensalão

    0 comentários
    O Supremo Tribunal Federal (STF) volta a analisar na quarta-feira (14) a Ação Penal 470, o processo do mensalão, e o primeiro item da pauta é a possibilidade de novo julgamento por meio do recurso conhecido como embargo infringente. Três réus abordaram o assunto: o publicitário Cristiano Paz, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares e o ex-deputado federal Pedro Corrêa.
     
    A Corte terá que decidir se os embargos infringentes são cabíveis, pois há divergências teóricas sobre o assunto. Embora esse tipo de recurso esteja previsto no Regimento Interno do STF, uma lei editada em 1990 sobre o funcionamento de tribunais superiores não faz menção ao uso da ferramenta na área penal. Para alguns ministros, isso significa que os embargos infringentes foram revogados.

    Os embargos infringentes previstos no regimento interno permitem novo julgamento quando há pelo menos quatro votos pela absolvição. A situação atende a pelo menos 11 réus: João Paulo Cunha, João Cláudio Genú e Breno Fischberg (lavagem de dinheiro); José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares, Marcos Valério, Kátia Rabello, Ramon Hollerbach, Cristiano Paz e José Salgado (formação de quadrilha).
     
    O presidente do STF e relator do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, negou individualmente a possibilidade de admissão dos embargos infringentes, classificando a tentativa de discutir o assunto de “absurda”. Segundo ele, a Corte já analisou todos os argumentos trazidos pela defesa e os advogados tentam apenas “eternizar” o processo. Inconformados, os réus entraram com novo recurso para que a palavra final seja do plenário.
     
    Em meio à discussão sobre os embargos infringentes, o advogado de Pedro Corrêa lançou uma tese ainda mais ampla. Ele quer que o STF aceite fazer novo julgamento se houver pelo menos um voto pela absolvição. A questão também será analisada na quarta-feira.  

    Se os ministros admitirem os embargos infringentes, a discussão sobre o mérito ficará para depois. Antes disso, a Corte terá que analisar os 26 embargos declaratórios, primeiro tipo de recurso cabível, que questiona omissões e contradições no julgamento. O primeiro embargo declaratório listado na pauta é do advogado Rogério Tolentino, ligado ao publicitário Marcos Valério.
    Agência Brasil

    Lula exalta Padilha em São Paulo

    0 comentários
    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou ontem que o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, “pegou a palavra e falou como candidato (ao governo de São Paulo)” durante encontro organizado pelo PT paulista em Bauru (SP) para discutir temas de interesse do interior do estado. Lula, no entanto, negou que tenha cogitado lançar a candidatura de Padilha ao governo estadual na noite de ontem. Ele acrescentou que as chances de vitória da sigla nas eleições paulistas de 2014 são grandes. “Nós nunca tivemos tanta oportunidade de ganhar São Paulo no ano que vem como temos agora. Obviamente, temos que construir alianças. Tucano não é bobo não. Tucano não tem aquele bico grande à toa”, ironizou.
    O clima de campanha, com críticas principalmente ao suposto esquema de corrupção no metrô de São Paulo e à saúde pública, sob responsabilidade do governo tucano, marcou os debates. Os petistas defenderam o Programa Mais Médicos, do governo federal, principal bandeira de Padilha. A ação é questionada por entidades de classe e ainda depende de aprovação no Congresso Nacional. O escândalo que atinge o governo do PSDB foi batizado de “trensalão” pelo presidente do diretório nacional do PT, Rui Falcão.

    Romário deixa PSB de olho na prefeitura do Rio

    0 comentários
    Sem espaço no PSB e reclamando da falta de apoio de Eduardo Campos, presidente nacional do partido, e Alexandre Cardoso, presidente regional, o deputado federal Romário (RJ) decidiu mudar de partido para disputar a eleição para a prefeitura do Rio, em 2016. Romário, de acordo com sua assessoria, não decidiu em que partido se filiará, mas vem conversando com PR, PDT, PT, PMDB e PP. A ida para o PR, a convite do deputado Anthony Garotinho (RJ), é considerada uma forte opção, mas provoca protestos de amigos e eleitores. Ao deixar o PSB, Romário perderá a presidência da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara.
    - O Romário perdeu a virgindade. Era um político novo, passou a ser um político velho. Dá um mau exemplo de infidelidade. Cada um faz suas escolhas, mas tem que assumir as consequências. Na Câmara, vou exigir a renúncia da comissão – disse o líder do PSB, Beto Albuquerque (RS).
    O regimento interno da Câmara prevê que, se o presidente de uma comissão temática mudar de legenda, perderá automaticamente o cargo e será realizada nova eleição. Segundo o líder, cabe à direção do PSB decidir se pedirá o mandato de Romário na Justiça Eleitoral, por infidelidade. Romário foi eleito em 2010 pelo PSB, com 146.856 votos, para seu primeiro mandato.

    Condenação de Cassol constrange parlamentares

    0 comentários
    Passar o dia exercendo o mandato no Senado e a noite na cadeia é uma hipótese que senadores não pretendem aceitar de Ivo Cassol (PP-RO), condenado anteontem pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por fraude em licitações. Parlamentares da base e da oposição manifestaram o constrangimento com a permanência de Cassol no Senado após sua condenação. Colegas de Cassol destacaram que, quando a Corte fizer cumprir a sentença, após a análise de recurso que o senador pretende apresentar, sua situação ficará inviável na Casa.
    Ontem, o senador reafirmou que não pretende abrir mão de seu mandato e que ainda está disposto a continuar na política por muito tempo. Em nota, a assessoria de Cassol alegou que ele não será enquadrado na Lei da Ficha Limpa porque o crime a que foi condenado – fraude em licitação – não está previsto nessa legislação. No entanto, a Justiça Eleitoral pode barrar a candidatura se considerar que fraude em licitação pode ser enquadrada na Ficha Limpa por ser um tipo de crime contra a administração pública.
    O líder do PMDB, Eunício Oliveira (PMDB-CE), deixou claro que não será possível Cassol continuar como senador uma vez que comece a cumprir a sentença. Eunício acredita que, quando chegar a representação pela perda do mandato de Cassol ao Conselho de Ética, ele deverá ser afastado. Para Eunício, ficaria muito ruim para a imagem do Senado, em momento de manifestações populares, manter um senador condenado na Casa:
    - Na hora em que o STF determinar o cumprimento da prisão noturna, não dá para continuar como senador. Transitou em julgado, perde o mandato, não tem o que discutir. E, se ocorrer de, antes disso, representarem contra ele no Conselho de Ética, acho difícil ele escapar, os senadores estão muito atentos às manifestações das ruas.

    MP investigará contratos de dez anos de gestões tucanas

    0 comentários
    O Ministério Público de São Paulo informou já haver “fortes indícios e fortes evidências” da prática dos crimes de formação de cartel e de fraudes em licitações do metrô e trens no estado de São Paulo, entre 1999 e 2009, em cinco contratos assinados durante as gestões dos governadores do PSDB Mário Covas, Geraldo Alckmin e José Serra. Uma das licitações, de 2002, é citada por funcionário de uma das empresas envolvidas no escândalo como mero “teatro”, segundo documento obtido pelo GLOBO. Caso sejam condenados pelos dois crimes, empresários ligados às 18 empresas investigadas poderão ser condenados a penas que variam de 20 a 45 anos de prisão.
    Coordenador do Grupo de Repressão à Formação de Cartel, Lavagem de Dinheiro e Recuperação de Ativos do Ministério Público, o promotor Marcelo Mendroni recebeu na última quarta-feira documentos obtidos pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) junto à Siemens, empresa que delatou o esquema das licitações do metrô em São Paulo, em troca de um acordo de leniência que a isenta de responsabilização criminal no caso.

    Festejando o atraso - Artigo de Cristovam Buarque

    0 comentários
    Nestas duas últimas semanas, além do Messi, dois argentinos estiveram no noticiário brasileiro: o Papa Francisco e o representante das Nações Unidas no Brasil, Jorge Chediek. Há uma correlação nestas duas presenças: o primeiro por defender, entre outras coisas, uma economia mais solidária e humanista; o segundo, porque, como coordenador-residente do Sistema ONU no Brasil e representante-residente do Pnud, apresentou os resultados da evolução do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) entre 1991 e 2010 no Brasil. Este indicador mostra uma melhora no quadro social brasileiro e também o nosso atraso e desigualdade. Mostra, sobretudo, como avançamos devagar nos objetivos aos quais deveríamos nos propor como Nação, especialmente na educação.
    O IDH é certamente uma das maiores contribuições ao pensamento social no século XX. Até ele, o mundo moderno utilizava apenas o PIB como indicador de progresso e do avanço social. Concebido pelos economistas Mahbub ul Haq e Amartya Sen e publicado pela primeira vez em 1990, e atualmente coordenado pelo economista Khalid Malik, o IDH permitiu reorientar a visão do desenvolvimento para além da análise do crescimento da produção e da renda. Passou a incorporar também objetivos sociais.
    Quando surgiu, o IDH foi esnobado pelos economistas e considerado devaneio pouco científico. Na verdade, o IDH é tão pouco científico, quando comparado com um termômetro, quanto é o PIB. Afinal, se é pouco científico somar renda com saúde e educação como faz a metodologia do IDH, também é pouco científico somar comida com armas e ainda mais considerar como positiva a destruição de florestas ou a produção e venda de armas, como faz o cálculo do PIB.
    O IDH dá um passo adiante ao PIB por levar em conta o estado da educação e da saúde, ao lado da renda, para medir o desenvolvimento humano de uma sociedade. De acordo com os dados do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013 e os dados de Contas Nacionais do IBGE, entre 2000 e 2010, o PIB brasileiro cresceu, a preços constantes, 1,43% e o PIB per capita 1,26%. Por sua vez, o IDH cresceu 1,19% no mesmo período. Isso mostra que ficamos mais ricos em renda do que melhoramos em termos de desenvolvimento humano. Só esta constatação já seria suficiente para justificar o cálculo e o uso do IDH.
    Uma análise mais cuidadosa do IDH-M mostra que nossa melhora não foi mais acentuada por causa da educação, que puxou para baixo nosso indicador de bem-estar social. Ainda mais grave, a melhora em educação se deu graças ao aumento no número de matrículas e não graças a uma melhoria na qualidade da nossa educação: apenas cinco cidades, uma em cada 1.000, obtiveram IDH-M-Dimensão Educação “muito alto” (acima de 0,799), e quase 30% das cidades tiveram nota inferior a 0,500 (“muito baixo”) em educação.
    Isto mostra o nosso atraso e a desigualdade como a educação é oferecida. E, sobretudo, reforça o atraso ao vermos muitos comemorando avanços tão tímidos.
    Cristovam Buarque é senador (PDT-DF)

    Lula faz exames para calar boatos sobre câncer

    0 comentários
    Abespinhado com os boatos que correm na internet sobre sua saúde, Lula decidiu submeter-se a uma bateria de exames no Hospital Sírio-Libanês. Na noite passada, ao discursar num ato do PT, na cidade de Bauru, ele avisou à audiência que sairia antes do encerramento. Embarcaria às 21h20 num avião rumo ao aeroporto de Congonhas, na capital paulista.
    Explicou-se num idioma muito parecido com o português: “O meu sonho era dormir aqui. Mas, como alguns canalhas andaram inventando que eu tenho metástase, que o câncer voltou, eu tive que antecipar o meu exame pra poder os médicos provar pra esse bando de imbecis que eu não vou morrer com a pressa que eles desejam que eu morra. Eu vou viver um pouco mais.”
    De passagem pelo Sírio-Libanês, Lula talvez encontre o amigo José Sarney, 83, internado numa unidade semi-intensiva, para tratar-se de dengue e infecção pulmonar. Seria divertido se o cacique do PT repetisse para o morubixaba do PMDB uma passagem do feitiço que exibiu na aldeia petista de Bauru.
    A pretexto de criticar os opositores de Dilma Rousseff, Lula pregou: “Essa gente governa esse país desde que o Brasil foi descoberto. Não as mesmas pessoas, mas as mesmas classes. Pois bem. Essa gente, não faz muito tempo, eu era dirigente sindical, vivia dentro de uma fábrica com uma inflação de 80% ao mês. […] O que me deixa indignado é que a imprensa, que lidou com a inflação de 80% ao mês, ache uma inflação de 6% ao ano uma superinflaçao. É inacreditável.”
    A ficha de Lula demora a cair. Mas a taxa inflação entrou em órbita no final da presidência de Sarney. O ministro da Fazenda de então, Maílson da Nóbrega, chegou a sugerir a antecipação da posse do sucessor, Fernando Collor. Sarney refugou o conselho. E entregou a Collor uma inflação mensal de 84,32%. Hoje, ambos são aliados do petismo em Brasília. Quer dizer: quando for trocar um dedo de prosa com Sarney, Lula deve evitar o tema ‘inflação’. Melhor conversar sobre SUS.
    Blog do Josias

    Presidente do Senado vai propor 30 dias de campanha na TV

    0 comentários
    Embora a Câmara dos Deputados já tenha iniciado o debate, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), vai apresentar um pacote de minirreforma eleitoral para 2014, com o objetivo de reduzir os altos custos de campanha.
    A principal proposta é a redução de 45 para 30 dias da campanha eleitoral na televisão e rádio. Outras propostas serão: limitar material de campanha a ‘santinho’, adesivo (40cm x 80cm) e carro de som; e autorizar canais a cabo a exibir as inserções de 30 segundos.
    Renan reuniu líderes e anunciou que entregará o pacote semana que vem, e propôs celeridade. Acredita que a minirreforma da Câmara não vai andar, pelo impasse entre líderes e a quantidade de emendas ao projeto, sem acordo.
    No pacote da Câmara, sob tutela do deputado Vaccarezza (PT-SP), com exceção do tempo reduzido de TV, há propostas similares para limitação de material.
    Já tramita na Câmara o PL 4.809, do deputado Félix Mendonça (PDT-BA), que pretende reduzir a campanha na TV e adiantá-la para 60 dias antes do pleito.
    Coluna Esplanada

    Cármen Lúcia anula acordo do TSE com Serasa

    0 comentários
    Agência Brasil (Brasília) – A presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia, anulou hoje (9) o acordo firmado em julho entre o tribunal e a empresa privada de proteção ao crédito Serasa Experian. A decisão individual será submetida ao plenário na sessão administrativa da próxima terça-feira (13).
    O acordo previa a troca e validação de dados ao Serasa com base no banco de dados do TSE, que hoje guarda informações sobre mais de 141 milhões de eleitores. O pedido da Serasa para compartilhamento de dados começou a tramitar na corte em 2011, sendo que, inicialmente, a então corregedora-geral Nancy Andrighi opinou pela rejeição.
    Após novo pedido, Andrighi entendeu que o acordo poderia ser validado conforme item previsto em uma resolução editada pelo TSE em 2003. Em seguida, o processo foi para a sessão administrativa do TSE, e o acordo foi fechado com anuência do diretor-geral do tribunal.
    Após a divulgação do assunto na imprensa, a atual corregedora-geral, Laurita Vaz, optou por suspender o acordo ontem (8) e informou que nenhuma informação havia sido trocada até o momento. Hoje, Cármen Lúcia puxou o processo para si, declarando sua nulidade até que o assunto seja discutido em plenário.
     

    Blog do Alex Santana . Copyright 2008 All Rights Reserved Revolution Two Church theme by Brian Gardner Converted into Blogger Template by Bloganol dot com